A - I n f o s

uma agęncia de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Chinęs_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020 | of 2021 | of 2022

(pt) Spaine, CNT #431 - Condução de táxis: exploração sem descanso - Sec. União dos Táxis - Barcelona (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]

Date Mon, 19 Sep 2022 07:37:50 +0300


Depois de várias reuniões malsucedidas com várias autoridades metropolitanas, a seção de táxis foi obrigada a convocar uma manifestação em frente à Câmara Municipal de Barcelona para tornar visível um problema que afeta há muito tempo os taxistas e usuários. Com esta ação, o objetivo foi alertar os cidadãos para o perigo que correm ao utilizar o serviço de táxi na área metropolitana de Barcelona. ---- Não há medidas de segurança para os trabalhadores assalariados de táxi, não há controle sobre as empresas e frotas de táxi na área metropolitana de Barcelona. ---- Desde a seção de táxis do Sindicato CNT Diversos de Barcelona, denunciamos todos os abusos permitidos pelo Instituto Metropolitano de Táxis (IMET), que detalhamos abaixo:

Os taxistas assalariados, para terem um salário decente, precisam trabalhar em turnos exaustivos de mais de 12 horas todos os dias, alguns taxistas assalariados chegam a trabalhar 16 ou até 24 horas por semanas inteiras. Há até taxistas que dormem e comem no veículo. Tudo para poder chegar a 1100 euros por mês.

Estas longas horas de trabalho devem-se ao facto de o trabalhador assalariado receber uma comissão, dessa comissão são deduzidos o IVA, a segurança social e o imposto sobre o rendimento das pessoas singulares. Não pagam horas extras, turnos noturnos ou feriados.

Em agosto eles nos dão 700 euros e não podemos tirar férias, os pagamentos extras são 350 euros cada.

Cobramos sempre o mesmo percentual em qualquer circunstância, se não atingir o mínimo, o empregador desconta da folha de pagamento, então ele é obrigado a trabalhar o quanto for necessário para poder sustentar sua família, muitas vezes tendo que aceitar dinheiro que se ganha de preto e que a cada dia nos tira um pouco mais de vida. Por isso, somos obrigados a trabalhar horas intermináveis para compensar todos estes défices, com os consequentes efeitos negativos para a nossa saúde e o perigo que advém do cansaço depois de tantas horas ao volante.
Enquanto isso, os floteros passam a vida arrecadando dinheiro com a saúde e a vida dos funcionários, escondendo-o debaixo do colchão. Enormes quantias de dinheiro negro que ninguém controla.

Esses dias longos e exaustivos colocam nossas vidas em risco: queremos relembrar o grave acidente de um taxista assalariado ocorrido no Terminal 2 do aeroporto de Barcelona há alguns meses.

Também queremos relembrar a longa lista de taxistas assalariados que sofrem de ataques de ansiedade, taquicardia, ataques cardíacos... agências em Barcelona.

Apontamos diretamente o IMET como responsável por permitir essa situação, e por ignorar o que acontece nas empresas de táxi, pois segundo eles é um problema empresarial e sindical e não é de sua responsabilidade.

Apontamos diretamente o departamento do trabalho e a fiscalização do trabalho como responsáveis, pois não atuam se não houver reclamação prévia e quando o fazem, o fazem após 5 meses quando o trabalhador está de licença médica ou demitido.

Os taxistas autônomos e assalariados estão cansados de anos de abuso e impunidade das empresas de táxi e de uma máfia de vagabundos que impõem suas próprias leis de forma autoritária e marcial, sem que ninguém os responsabilize. Esses chefes de táxi são responsáveis pela exploração dos taxistas, obrigando-os a trabalhar horas intermináveis, colocando em risco a saúde dos trabalhadores e a segurança dos usuários de táxi de Barcelona.

Já somos várias pessoas que, cansadas de não poder ganhar a vida com o mínimo de dignidade oferecendo aos cidadãos o serviço de táxi que merecem, nos organizamos para mudar essa situação. É hora de lutar pelos nossos direitos.

https://www.cnt.es/noticias/conducir-taxis-la-explotacion-sin-descanso/
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe https://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt