A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020 | of 2021 | of 2022

(pt) Spaine, CGT-Madrid - 15 de outubro: Mais razões do que nunca (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]

Date Wed, 7 Sep 2022 07:38:27 +0300


Após as últimas declarações do Ministro José Luis Escrivá e a sua intenção de alterar o prazo de cálculo das pensões aumentando o número de anos para a quantificação da futura pensão, torna-se mais necessário e urgente apoiar a grande mobilização marcada para o próximo dia 15 de Outubro. ---- Movimentos de pensionistas, juntamente com organizações sociais e sindicais, incluindo a CGT, convocaram uma grande manifestação em Madrid sob o lema "POR AUMENTO DAS PENSÕES E SALÁRIOS COM A REAL CPI" com a qual pretendem denunciar a situação de desvalorização do poder de compra experimentado tanto pela classe trabalhadora assalariada quanto pela classe trabalhadora pensionista. ---- A nova reforma previdenciária que o Governo "mais progressista da história", com o Ministro da Previdência Social José Luis Escrivá à frente, está preparando para os próximos meses, pretende realizar, entre outras medidas, a extensão do o período de cálculo da pensão de 25 para 35 anos. Isso significaria uma perda econômica entre 7% e 10% em relação ao sistema de cálculo atual.
Já tivemos uma reforma regressiva do LGSS e da previdência há alguns meses, assinada pelo atual governo e endossada por seus agentes sociais, que agravou a reforma de M. Rajoy e do PP; Se essa nova reforma ocorrer, mais uma vez terá consequências gravíssimas para a classe trabalhadora. Um novo corte nos direitos econômicos para nossa classe que será muito difícil de recuperar.
A partir da CGT, como defendemos há décadas, apostaremos sempre na luta e mobilização para conseguir pensões dignas com um aumento económico anual ligado à CPI Real e o aumento das pensões mínimas que permitam a quem precisa viver com dignidade. receber. Porque se aposentar com dignidade é um direito, não podemos permitir que as pessoas que trabalham há décadas não consigam sobreviver com a infeliz pensão que deixaram na aposentadoria.
Por tudo isso, da CGT entendemos que é hora de sair às ruas e que neste 15 de outubro devemos encher as ruas de Madri dizendo claramente e em voz alta que a classe trabalhadora não vai permitir a perda de mais poder de compra, exigindo que o governo um aumento de salários e pensões atrelado ao aumento do IPC real.

PARA O AUMENTO DE PENSÕES E SALÁRIOS COM O REAL CPI!
NÃO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA!
15 DE OUTUBRO, TODOS PARA MADRI!

Secretaria Permanente do Comitê Confederal

https://www.cgtaragonlarioja.org/wp-content/uploads/2022/08/15-de-Octubre-Mas-motivos-que-nunca.pdf

https://www.cgtaragonlarioja.org/noticias/15-de-octubre-mas-motivos-que-nunca/
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe https://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt