(pt) Grécia, Rosinande: Esmagando o autoritarismo estatal - expulsando policiais de nossas escolas (ca, de, en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 22 de Janeiro de 2022 - 08:20:29 CET


No dia 31 de dezembro, no início da manhã, as forças policiais cercaram a 
Universidade Aristóteles de Salônica, impedindo o acesso a ela por todas as 
entradas, e depois evacuaram o "Hangout in the Organic" (durante a operação, eles 
não deixaram de trazer uma pessoa que fotografou a invasão policial). Um local 
que durante 34 anos consecutivos foi uma referência cultural, acolhendo concertos 
e outros eventos artísticos, mas também eventos e atividades políticas dentro da 
Universidade. Numa altura em que a maioria dos alunos/três se encontravam 
afastados das escolas fechadas (devido às férias de Natal) o Estado aproveitou 
para derrubar as paredes de um espaço de livre expressão e destruir a biblioteca 
de comodato que funcionava no seu interior, na contexto de demonstração de poder 
e aplicação da doutrina "Lei e Ordem". Poucos dias depois, um espaço é ocupado no 
Químico da Universidade Aristóteles de Salónica por apoiantes na ocupação 
evacuada do "Hangout in the Biological", em resposta à evacuação. O estado não 
demorou a mostrar seus dentes, invadindo novamente a universidade ontem depois de 
dois dias, prendendo os 15 combatentes que a defendiam e causando muitos danos 
materiais.

No mesmo dia, 01/12, ocorreu outra batida policial, desta vez na ASOEE. Esta não 
é a primeira vez que vemos imagens de policiais dentro da área da ASOEE, pois foi 
a primeira universidade a ser invadida por esquadrões do MAT após a abolição do 
asilo. O motivo foi o ataque de ontem de um grupo de estranhos a um professor 
durante uma aula - que é acusado de participar de circuitos de abuso sexual 
infantil e casos de usura - a tentativa de alunos de derrubar um muro erguido 
pela reitoria. , onde os alunos usavam socializar e estudar. Houve uma reação dos 
alunos, enquanto 6 alunos foram presos. Hoje, houve uma mobilização das 
Associações de Estudantes na ASOEE e foi convocada uma Assembleia Geral que 
decidiu realizar uma marcha estudantil anti-repressão em Syntagma e ocupar a 
universidade amanhã.

As imagens e vídeos divulgados na internet pela operação policial mostram que o 
governo está implementando na prática a lei Kerameos-Chrysochoidis. A partir da 
aplicação da base mínima de admissão, chegamos à presença dos policiais nas 
escolas, que batem, jogam produtos químicos e prendem. Ao mesmo tempo, a entrada 
controlada nas dependências da universidade, com a demonstração do passaporte (ou 
carteira de identidade), é mais parte da entrada controlada da lei 4777/2021 do 
que uma forma de proteção à saúde. Paralelamente, foi anunciada uma doação de 
752.456 euros de uma empresa sem fins lucrativos dos interesses do armador 
Martinos, para a AUth, PAPEI, ASOEE e EKPA e informação que foi recentemente 
publicada quer que a OPPI se estabeleça nas universidades em maio . Assim, o 
Estado e o Capital deixam mais uma vez clara sua disposição de intensificar a 
repressão nas dependências da universidade de modo a dissipar qualquer 
reivindicação organizada que coloque em primeiro lugar as necessidades de nossa 
classe e vá contra seus interesses.

A criminalização do sindicalismo, a criação de espaços estéreis dentro das 
escolas, bem como a tentativa de silenciar as lutas e reivindicações coletivas é 
a tentativa do governo de atacar o movimento estudantil e suas lutas. Mas nada 
ficará sem resposta. Continuaremos a lutar contra a repressão e o autoritarismo. 
Pelas lutas coletivas, pelas decisões das nossas Associações de Estudantes, mas 
também pela nossa presença na estrada Estado e Capital nos encontrarão contra eles.

-Solidariedade com os presos/presos e trazidos pelas operações policiais nos 
últimos dias

-Solidariedade na ocupação do "Hangout no Orgânico"

-Apoio na ocupação da ASOEE amanhã sexta 14/1

-Nenhuma presença de policiais em nossas escolas

-Nenhum pensamento para instalação de OPPI nas universidades

-Sem demonstração de dobra para admissão em universidades, sem instalação de 
torniquete

- Abaixo a disciplina

http://rocinante.gr/na-tsakisoume-ton-kratiko-aftarchismo-na-petaxoume-tous-batsous-exo-apo-tis-scholes-mas/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt