(pt) Canada, Collectif Emma Goldman - [Montreal] Bloqueio do trabalho da Ray-Mont Logistiques (ca, de, en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 25 de Setembro de 2021 - 07:45:02 CEST


Quase 50 pessoas esta manhã forçaram a interrupção dos trabalhos no terreno onde 
a empresa Ray-Mont Logistiques planeja construir uma enorme plataforma de 
transbordo, instalando-se no meio do maquinário para estabelecer um acampamento 
improvisado. ---- Texto do site da Contrepoints. Link para o original, aqui . 
---- Localizado a leste da Avenida Viau, este terreno abandonado pelas indústrias 
há vários anos é agora habitado de todas as formas pela gente do bairro, 
revigorada pela flora e fauna que contrastam com o asfalto e concreto que o 
rodeia. Enquanto o CAQ gostaria de ver o surgimento de uma zona 
industrial-portuária e o aumento do transporte de mercadorias, opomo-nos à 
destruição de um dos últimos espaços verdes e não comercializados da zona leste 
da ilha. Seja para construir uma rampa de rodovia, uma subestação Hydro-Quebec ou 
uma plataforma de transbordo. Este terreno baldio, que era um lugar de vida para 
muitas pessoas marginalizadas até sua violenta expulsão na primavera passada, é 
para muitos

Como parte da estratégia marítima do CAQ "Avantage Saint-Laurent", a plataforma 
de transbordo proposta pela Ray-Mont Logistique está alinhada com inúmeros 
projetos que visam tornar o Rio São Lourenço uma "rodovia de carga", permitindo 
aumentar ainda mais o comércio internacional, e contribuindo assim para acelerar 
a exploração e destruição do território. Podemos pensar no projeto de expansão do 
Porto de Montreal na cidade de Contrecoeur, o projeto LNG Quebec no chamado 
Saguenay - Lac-Saint-Jean, o projeto Laurentia, agora abandonado devido a grandes 
disputas, "Zona de Inovação da Costa Leste" na cidade de Quebec e muito mais. 
Esses projetos têm em comum a redução do território e das hidrovias que o 
atravessam ao seu valor de mercado,

Quer o projeto Ray-Mont Logistics tenha ou não a aprovação do governo e do 
município, continuaremos ocupando este espaço, continuaremos a representar um 
obstáculo à sua destruição e continuaremos a prejudicar, por todos os meios 
possíveis. nosso alcance, destruindo os ecossistemas e territórios que habitamos.

Para aqueles que estão cansados de deixar o concreto e as máquinas ditarem a 
busca frenética por um mundo que está à beira da ruína, este é um chamado a se 
organizar e se unir para lutar contra a solidariedade, o comum e a luta contra a 
devastação capitalista e colonial.

O CAMPO ONDA IRÁ PERMANECER ONDA

Postado 16 horas atrás por Collectif Emma Goldman

http://ucl-saguenay.blogspot.com/2021/09/blocage-des-travaux-de-ray-mont.html


Mais informações acerca da lista A-infos-pt