(pt) France, UCL AL #320 - Editorial: França, uma traficante enganada (ca, de, en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 20 de Novembro de 2021 - 09:21:53 CET


O cancelamento, pelo Estado australiano, de um contrato de armamento com a 
indústria francesa, relativo à entrega de doze submarinos, é indicativo de uma 
corrida da morte que está a corroer o mundo. ---- Por um lado, um bilhar 
diplomático triplo entre as grandes potências (Estados Unidos e China na 
liderança) refletindo o aumento das rivalidades de guerra em um contexto de 
protecionismo econômico. Esta corrida armamentista é manifestada por crescentes 
investimentos militares e inovações cada vez mais mortais, em particular em torno 
da robótica e da inteligência artificial.
Por outro lado, um traficante de armas dobrado por um concorrente. A França é o 
terceiro maior traficante de armas do mundo. Entre seus clientes, vários países 
em guerra, como os Emirados Árabes Unidos e a Arábia Saudita, que bombardeiam o 
Iêmen e assassinam civis aos milhares. Ou Egito e Líbano, que usam essas armas 
contra suas populações.

Os redatores da imprensa burguesa ignoraram amplamente esse aspecto das coisas 
para lamentar a "humilhação diplomática" ou as consequências em termos de emprego 
dessa quebra de contrato.

Como tal, a indústria militar francesa, "a nau capitânia", alimentada por 
subsídios públicos, é uma pena ! Este é o principal aspecto deste caso. Embora a 
crise de Covid tenha revelado as consequências desastrosas da 
desindustrialização, é hora de considerar uma política industrial que atenda às 
necessidades da população e do meio ambiente.

União Comunista Libertária, 26 de setembro de 2021

A França é o terceiro maior traficante de armas do mundo.
cc Grupo Naval

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Edito-La-France-dealer-dupe


Mais informações acerca da lista A-infos-pt