(pt) CAB, revista Socialismo Libertário nº 4 - Sumario + Editoral

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 9 de Maio de 2021 - 08:28:40 CEST


Sumário ---- EDITORIAL . 5 ---- CAPITALISMO, ESTADO, LUTA DE CLASSES E VIOLÊNCIA 
. 6 ---- racismo e dominação colonial . 18 ---- gênero e violência do estado . 22 
---- EDITORIAL  ---- Este quarto número da revista Socialismo Libertário discute 
analiticamente o sistema capitalista-estatista e suas distintas formas de 
dominação e violência. Como nas outras edições, ele apresenta alguns acúmulos que 
tivemos, como Coordenação Anarquista Brasileira (CAB), durante o último período. 
---- Os três textos aqui apresentados incorporam--se em nossas linhas teórica, 
ideológica e estratégica. ---- "Capitalismo, Estado, Luta de Classes e Violência" 
avança na construção de um ferramental teórico-metodológico para analisar a 
realidade. Nosso objetivo nesse texto é explicar, em geral, o que compreendemos 
por capitalismo, Estado, luta de classes
e violência, e, em particular, como a dominação de
classe se articula com a dominação nacional (colonialismo/imperialismo), a 
dominação étnico-racial
(racismo) e a dominação de gênero (patriarcado).
"Racismo e Dominação Colonial", além de
discutir esses dois conceitos centrais, os aplica historicamente, tanto em sua 
relação com o capitalismo,
como em sua expressão no Brasil. Passando pelos
conceitos de genocídio e etnocídio, e fazendo uma
dura crítica do eurocentrismo, esse texto apresenta
inúmeros dados para uma compreensão do racismo
brasileiro, assim como a relação entre raça/etnia e
classe que existe em nossa formação social.
"Gênero e Violência do Estado" aprofunda
o debate sobre como o patriarcado funciona estruturalmente em nossa sociedade, e 
a maneira que ele
se perpetua cotidianamente. O texto destaca as inúmeras formas de violência a que 
são submetidas as
mulheres e a população LGBTQ+, inclusive aquelas
perpetradas direta ou indiretamente pelo Estado.
Enfatizamos muito claramente a necessidade de nosso anarquismo incorporar, além 
de uma
perspectiva classista, posições abertamente antirracistas e antissexistas, 
buscando o combate das dominações em todas as suas expressões.
Arriba l  s que luchan! Lutar, criar, poder popular!
Rumo à organização nacional!
Coordenação Anarquista Brasileira
Setembro de 2020

http://cabanarquista.org/wp-content/uploads/2020/10/revista-soli-4.pdf


Mais informações acerca da lista A-infos-pt