(pt) Catalunia, EMBAT: Mais uma vez, o Anarquismo no centro das atenções da repressão: Vamos construir a solidariedade, vamos construir a alternativa! (ca, de, en, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 10 de Março de 2021 - 09:05:08 CET


No sábado, 27 de fevereiro, eles prenderam 8 anarquistas como resultado dos 
distúrbios da noite e do pequeno 'incêndio' da van do GUB. Na manhã de 
terça-feira, 2 de março, os Mossos d'Esquadra vasculharam os prédios ocupados em 
Mataró e Canet de Mar por ordem judicial. No dia seguinte à operação, o tribunal 
de instrução de Barcelona os enviou para prisão preventiva. Seu maquinário de 
propaganda coloca as operações policiais como se se tratasse de desmantelar um 
grupo armado, mas em vez de encontrar armas de fogo, como ocorre quando 
neonazistas são presos, encontraram roupas, capacetes para motociclistas, 
computadores e notebooks. Eles repetiram o mesmo discurso das operações Pandora e 
Piñata: anarquistas violentos com livros e fita adesiva.

Mais uma vez, nós, anarquistas, somos o bode expiatório deste sistema criminoso. 
Mais uma vez, sua mídia ignora a presunção de inocência e reproduz os press 
releases internos e os Mossos. Eles usaram as manchetes sobre "anarquistas 
italianos" para esconder as causas do desconforto e da raiva da população jovem e 
não tão jovem. A violência denunciada por políticos, mídia e polícia todos os 
dias nas manifestações tem origem na violência cotidiana que eles próprios 
causam: despejos, trabalho precário, acidentes de trabalho, violência sexista, 
homofobia, racismo, cortes nos serviços públicos, polícia brutalidade e falta de 
liberdade de expressão.

Recentemente, um jovem mutilou, mais uma vez, um olho em um manifestante . Eles 
dizem que não sabem quem ele tem sido e é por isso que ele continuará foragido. 
Além disso, durante a primeira semana de protestos, e como acontece nessas ondas 
de raiva, o BRIMO,inspirado por Sherwood, correu descontroladamente pela 
Catalunha. O mesmo aconteceu no resto da Espanha: acusações indiscriminadas com 
total impunidade , como em todos os casos anteriores. Sem pesquisa, sem 
responsabilidade. Ninguém se importou com os ferimentos causados pela violência 
policial. Ninguém se preocupa com a garota cujo olho foi mutilado e que não será 
capaz de se recuperar. Enquanto as manchetes estão sendo abertas e as cúpulas são 
realizadas por causa de um pequeno incêndio ao lado de uma van da polícia, os 
Mossos ainda não prenderam ninguém pelo incêndio de graffiti nazista e fascista 
que destruiu o Ateneu há três anos.

Como anarquistas, lutamos por um modelo de sociedade livre de violência , baseada 
no apoio mútuo, solidariedade, liberdade e igualdade. Estas semanas temos saído 
às ruas pela liberdade de expressão e reclusão, pelo trabalho digno e 
oportunidades para os jovens, pelo fim dos despejos, contra a violência sexista, 
racista, homofóbica e transfóbica, contra a brutalidade policial, pela melhoria e 
privatização da serviços públicos, para o meio ambiente e mês. Os anarquistas 
defendem um mundo mais livre e justo .

Como anarquistas, não queremos viver no caos gerado pela lei da selva , como a 
que vivemos hoje com o sistema capitalista. Queremos um mundo melhor e é por isso 
que estamos construindo sindicatos, ateneu, organizações e cooperativas. É por 
isso que criamos comunidades de combate em bairros e cidades, em empresas e escolas.

Queremos um mundo melhor e é por isso que lutamos:

Por uma economia justa, colocando a vida no centro e na divisão do trabalho, 
riqueza e tarefas reprodutivas.
Por uma democracia direta que emana de bairros e vilas e é construída de baixo 
para cima.
Preservar a Terra , cuidando do território sentindo-se parte dela.
Por uma sociedade intercultural e transfeminista , onde possamos viver juntos na 
diversidade.
Exigimos a libertação gratuita dos anarquistas detidos / presos e de todos os 
ativistas e militantes, lutar por um mundo melhor não é um crime, é totalmente 
legítimo e absolutamente necessário!

A solidariedade é a nossa melhor arma!
Liberdade detida por lutar!
Dissolução do BRIMO!
Chega de repressão aos que lutam!

Embat, Organização Libertária da Catalunha
Batzac,
Confederação Geral da Juventude Libertária do Trabalho da Catalunha
Federação Libertária de Estudantes
Mulheres Libertárias

https://embat.info/un-cop-mes-lanarquisme-al-punt-de-mira-de-la-repressio-construim-la-solidaritat-construim-lalternativa/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt