(pt) solidaridad obrera: Santiago, sem esquecer, sem perdão e sem reconciliação. (ca, de, en, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2021 - 09:48:48 CEST


4 anos atrás desde o assassinato de SANTIAGO MALDONADO. Quatro anos não só de 
impunidade, mas também de silêncio estatal, de entraves judiciais e para 
completar a degradação moral da ex-ministra, macrista de segurança, Patricia 
Bullrich, que gravou um vídeo para ela no preciso lugar onde foi detida por a 
polícia, Santiago Maldonado. Esse novo desaparecimento forçado de uma pessoa em 
um governo "democrático" evidencia a natureza do Estado que continua a admitir a 
perpetração de crimes contra a humanidade cometidos por todas as forças 
repressivas, que finalmente plantaram o corpo de Santiago em um canto do rio, 78 
dias após sua prisão pela Gendarmerie.

4 anos de ruína sustentada por todos os partidos políticos e também por 
organizações de direitos humanos que olhavam para o outro lado onde não 
encontravam o olhar de um anarquista que ia exercer a solidariedade com uma 
comunidade Mapuche em defesa de seu território.

Que situação tremendamente perversa, pensava a Suprema Corte, há 4 anos 
pensava.... Um ser abjeto como Bullrich provocando, políticos brincando de 
esconde-esconde, e o governo calado, sempre calado quando se trata de povos 
nativos, ou questões que não falam de seus próprios programas e auto-publicidade.

Embora a perspectiva seja tão ruim, que não avilta a nossa memória, o presente e 
os nossos sonhos, aqueles pelos quais não perdoamos, não esquecemos nem 
reconciliamos.

Casapueblos
Solidaridad Obrera

https://www.solidaridadobrera.org/confederal/2021/08/05/santiago-sin-olvido-sin-perdon-y-sin-reconciliacion/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt