(pt) Baixada Santista: trabalhadores se mobilizam contra a Reforma Administrativa - Organização Anarquista Socialismo Libertário - São Paulo (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 4 de Novembro de 2020 - 08:37:41 CET


A proposta de Reforma Administrativa apresentada por Bolsonaro e Guedes é um duro golpe contra os trabalhadores do setor público (municipal, 
estadual e federal), e acarretará na precarização dos serviços destinados à população como saúde e educação. O objetivo do governo é 
implementar uma agenda anti-povo para legitimar um processo amplo de privatização. Bolsonaro e Guedes querem entregar os hospitais, as 
escolas e universidades públicas nas mãos dos grandes monopólios capitalistas. ---- Entre outras medidas, a reforma pretende literalmente 
acabar com os concursos públicos, a estabilidade do servidor e os planos de carreira. Na prática querem substituir servidores qualificados 
colocando no lugar apadrinhados políticos que não hesitarão em se sujeitar ao caixa 2 e a rachadinhas. Será a farra da corrupção.

Diante disso, diversas categorias de servidores públicos da Baixada Santista têm se mobilizado nos últimos meses por meio de assembléias, 
marchas e atos públicos nas áreas periféricas e centrais das cidades de Santos, São Vicente e Cubatão. No último dia 28/10, dia do servidor 
público, os trabalhadores realizaram um ato unitário em Santos seguindo os protocolos sanitários como distanciamento, distribuição de álcool 
em gel, máscaras, etc. Os militantes da OASL/CAB estavam presentes se solidarizando à luta dos trabalhadores e na defesa dos serviços 
públicos.Por isso, declaramos que nos colocamos ombro a ombro na luta das trabalhadoras e trabalhadores do serviço público, junto à luta do 
povo pobre por acesso à saúde, à educação, à justiça e na luta por uma vida digna!

Não à Reforma Administrativa!
Fora Bolsonaro, Mourão, Guedes e os militares!
Por um Povo Forte!
Pela Revolução Social!

https://anarquismosp.wordpress.com/2020/10/30/baixada-santista-trabalhadores-se-mobilizam-contra-a-reforma-administrativa/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt