(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL - Al #305 - Editorial: Pela nossa saúde, greve e direito de retirada (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 16 de Maio de 2020 - 09:23:25 CEST


Desde o início da epidemia e contenção, o direito de greve e o direito de retirada foram amplamente utilizados para interromper atividades 
não essenciais de empregadores preocupados principalmente com seus lucros, como na Amazon ou na indústria automotiva. . Da mesma forma, no 
serviço público territorial, os avisos de greve obrigaram as autoridades a fazer valer o direito à saúde. ---- Sem essas mobilizações, o 
balanço patrimonial poderia ter sido muito mais pesado. No momento do descon fi namento, muitos trabalhadores - assalariados ou "autônomos" 
- encontram-se em uma situação paradoxal: ansiosos pelo seu futuro com a crise econômica que está se aproximando e, ao mesmo tempo, 
preocupados com sua saúde diante de uma segunda onda epidêmica. Muitos, portanto, aguardam impacientemente o reinício do trabalho prometido 
pelos empregadores e pelo governo, sem oferecer garantias de segurança.

Nesse contexto, o direito de greve e o direito de retirada devem ser usados para impor condições de saúde irrepreensíveis, em particular a 
possibilidade de triagem, condições de trabalho que respeitem o distanciamento ou mesmo o acesso a máscaras confiáveis. O amadorismo e o 
cinismo das autoridades, expostos pela epidemia, mostram-nos que a saúde de todos está em primeiro lugar nas mãos dos trabalhadores.

UCL, 26 de abril de 2020

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Edito-Pour-notre-sante-greve-et-droit-de-retrait


Mais informações acerca da lista A-infos-pt