(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL - Comunicado de imprensa: Municipal: fiasco e irresponsabilidade estadual (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 23 de Março de 2020 - 08:14:57 CET


As taxas recordes de abstenção nas eleições municipais (cerca de 55%) mostram que muitos colocaram sua saúde e a da comunidade antes das 
ordens de votação. ---- A manutenção das eleições municipais ilustra a negligência do Estado em administrar essa crise de saúde como toda a 
sociedade e deve nos incentivar a nos organizar em outras bases, igualitárias e autogerenciadas, rompendo com a lógica eleitoral. ---- 
Muitos eleitores mostraram muito mais responsabilidade e bom senso do que o governo em se abster de votar no domingo. ---- O estado mantinha 
a todo custo a cédula municipal colocando os interesses políticos acima da saúde pública ; É complicado ter credibilidade quando apelamos à 
população para evitar deslocamentos, quando proibimos reuniões de mais de cem pessoas e convocamos cidadãos para as urnas. Complicado, mas 
acima de tudo irresponsável no contexto de uma pandemia. E vão, porque a realidade é teimosa e o segundo turno dessas eleições finalmente 
teve que ser adiado. Tão inútil, irrisório e incomum para se envolver em uma análise dos resultados ...

A administração desta eleição, como muitos aspectos dessa crise de saúde, mostra que o Estado não é absolutamente o garante do interesse 
geral, mesmo quando questões vitais estão em jogo.

Pela destruição de vários anos do serviço público de saúde, pela demora em tomar fortes medidas sanitárias para proteger a população, pela 
desconexão com as realidades do funcionamento social real e por colocar os interesses econômicos capitalistas em primeiro lugar, o Estado 
não é um recurso, mas um freio para se organizar racionalmente.

A taxa recorde de abstenção nesses municípios foi bastante ampliada pela crise do Covid-19. Mas a abstenção está enraizada há anos na 
desconfiança dos políticos, no entendimento mais amplo de que não são os chefes do sistema que precisamos mudar, mas o próprio sistema. Não 
há dúvida de que a gestão dos Municípios pelo governo não desacelerará essa tendência. Diante do roubo de nossas pensões e conquistas 
sociais, enfrentando desafios ambientais, enfrentando riscos à nossa saúde, só podemos contar conosco: romper com a lógica eleitoral e 
estatista, nos auto-organizamos em nossas lutas como em todas as áreas de nossas vidas, para construir uma sociedade em bases de autogestão.

União Comunista Libertária, 16 de março de 2020

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Municipales-fiasco-et-irresponsabilite-etatique


Mais informações acerca da lista A-infos-pt