(pt) [Holanda] Pare a guerra aos migrantes By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 22 de Março de 2020 - 07:55:24 CET


A União Europeia e os Estados turco e grego decidiram brincar com vidas humanas. Nos últimos dias, muitos imigrantes que tentaram atravessar 
a fronteira da Turquia para a Grécia foram impedidos violentamente pelas forças de segurança gregas. O governo grego decidiu fechar as 
fronteiras e impedir que qualquer pessoa buscando por asilo entre no país - com total apoio da União Europeia. ---- A Frontex (Agência 
Europeia de Fronteiras e Guardas Costeiras) e a guarda costeira grega estão fazendo uso de violência para impedir barcos de chegarem às 
ilhas gregas, e com isso, ao menos uma criança já se afogou. Organizações não-governamentais e jornalistas que cobrem os incidentes nas 
ilhas têm sido atacados por nacionalistas, enquanto civis enfurecidos e racistas impedem à força que migrantes desembarquem de barcos 
inseguros. Nas fronteiras terrestres, militares, policiais, civis armados e fascistas se reúnem para bloquear a passagem de imigrantes 
disparando gás lacrimogêneo e até mesmo munição. Por hora, dois imigrantes foram mortos, e vários ficaram feridos.

A grande mídia grega e o governo propagam fake news alegando que há uma invasão, que os imigrantes são criminosos, e que as pessoas devem 
proteger o seu país. Mas na verdade, o fechamento de fronteiras cria gargalos no fluxo de pessoas e leva a terríveis circunstâncias por cada 
vez menos gente poder passar pelas divisas nacionais. Essa manipulação midiática ocorre sempre que o Estado quer criar um inimigo para a 
sociedade. E nesse contexto, eleger um bode expiatório é uma forma testada e aprovada de usar a intolerância para manter o status quo.

Enquanto isso, os migrantes que já estão na Grécia vivem em campos de refugiados com condições horríveis. A União Europeia concedeu 700 
milhões de euros ao Estado grego, e grande parte disso foi utilizado em operações militares e policiais. Todo esse dinheiro - e muito mais 
que acaba nos bolsos dos que estão no poder - poderia ser utilizado para ajudar migrantes a chegar e se instalar em segurança na Europa. 
Entretanto, a prioridade da União Europeia é construir uma fortaleza na Europa. Sempre que os patrões precisam de mão-de-obra barata, abrem 
as fronteiras para explorar os imigrantes de todas as formas possíveis, sem lhes dar direitos, e sempre que têm força de trabalho 
suficiente, propagam que os imigrantes são uma ameaça.

As fronteiras matam! A União Europeia e a OTAN são culpadas por crimes de guerra no Oriente Médio, pois com sanções e agressões contra o 
Irã, fazem muitos deixarem suas casas em busca de uma vida melhor. A situação na Líbia chegou ao nível caótico depois que a OTAN 
desestabilizou o país e guardas costeiros treinados e pagos pela União Europeia atiram e matam migrantes rotineiramente. A União Europeia 
lucrou com a guerra e subornou a Turquia para deter aqueles que tentam fugir. Contudo, agora que o Estado turco abriu a fronteira, a União 
Europeia não pode mais terceirizar essa política brutal de migrantes, e o Estado grego que se tornou o escudo violento. Todos devem ser 
aceitos, independente de terem deixado o país devido a uma guerra, à pobreza, ou a um Estado repressivo. A Terra não pertence a ninguém, e 
ninguém deixa sua terra sem motivo!

Ainda não acabou! Os migrantes já protestaram várias vezes contra o tratamento aterrador que estão recebendo na Grécia e na Europa. E 
aqueles que não conseguiram atravessar as fronteiras ainda estão lutando para fazê-lo mesmo após tudo que passaram: guerras, torturas, 
violência, fome e governos repressivos. A luta deles também é nossa luta, uma luta social contra a exploração de nossas vidas e por uma 
sociedade livre. Lutas que criam vínculos entre nós, e que nenhuma autoridade, patrão ou estrutura de poder pode romper.

Estamos com raiva, pois os governantes estão brincando com a vida das pessoas. Damos boas-vindas aos migrantes em nossos bairros, escolas, 
locais de trabalho, e em nossas lutas sociais. Liberdade de movimento!

ABRAM AS FRONTEIRAS

DOCUMENTOS PARA TODOS OS MIGRANTES

DEMOLIÇÃO DA FORTALEZA EUROPA E DOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO

A SOLIDARIEDADE VAI VENCER

ATO ANTI-RACISTA,Sábado, 21/03, 14h00, Praça Dam[manifestação cancelada por causa do coronavírus]

Grupo Anarquista de Amsterdam

www.agamsterdam.org

Tradução > Sid Sobral

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/03/17/grecia-turquia-declaracao-comum-da-apo-e-da-daf-contra-a-guerra-o-fascismo-e-o-racismo-em-solidariedade-com-xs-refugiadxs-e-imigrantes/

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt