(pt) Agitação crescente contra o governo de direita com intenções autoritárias, neoliberais e nacionalistas na Eslovênia By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 20 de Julho de 2020 - 08:35:23 CEST


A seguir, um relatório sobre a atual onda de protestos na Eslovênia por camaradas do Infoshop A, um espaço social anarquista em Ljubljana. 
---- Relato para camaradas internacionais sobre as agitações eslovenas, que em meados de março, por conta do vírus começaram com panelaços 
nas varandas, foram então para bicicletas e acabaram a pé, contra o governo de direita com intenções autoritárias, neoliberalistas e 
nacionalistas. ---- Cerca de 10.000 pessoas ainda estão se reunindo toda sexta-feira na capital e em mais de 25 outras cidades; mas também 
em outras ocasiões, se conectado principalmente ao meio ambiente e à cultura ou, por exemplo, em solidariedade às pessoas que lutam contra o 
racismo nos EUA. Não apenas em bicicletas. Existem três grupos maiores - bloco anticapitalista, cultural e ambiental que colaboram em 
solidariedade. Todos os grupos locais / autônomos da federação anarquista - Federacija za Anarhisticno Organiziranje (FAO) estão envolvidos.

Após os ataques do regime e da mídia contra os manifestantes, repressões individuais e gerais do governo policial instrumentalizam grupos 
neo-nazistas para confrontar os manifestantes.

Mas nós, como anarquistas, permanecemos fortes e com o povo! Não permitimos que o regime dividisse os manifestantes entre os bons e os maus 
- em uma ocasião, houveram muitos manifestantes vestidos de preto para serem solidários com o bloco anticapitalista que anteriormente era 
alvo. Conseguimos resistir à repressão - há um grande apoio solidário para com os reprimidos; houveram também grandes e rápidos protestos em 
frente à delegacia central na noite em que a polícia levou algumas pessoas sob custódia. E a última tentativa de estabelecer protestos 
pró-governo com grupos nazistas (usando coletes amarelos como símbolo) foi suprimida com sucesso - com os nossos esforços e também os 
esforços do público em geral a sociedade civil rejeitou manifestações nacionalistas como tais - apenas 40 nazistas apareceram em seu 
protesto, contra milhares de pessoas juntas contra eles.

E um dos lugares mais importantes para a coordenação entre manifestantes, são as assembleias abertas iniciadas pelos anarquistas.

Em solidariedade!

Infoshop A

Segunda-feira, 6 de julho de 2020.

Tradução > A. Padalecki

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt