(pt) A CGT da Catalunha na greve geral em Euskal Herria do 30-G - Comunicado da Secretaria Permanente da CGT-Catalunha (ca) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020 - 08:21:26 CET


A luta para defender pensões decentes e públicas é urgente e necessária. O mesmo acontece com a luta pela revogação completa das reformas 
trabalhistas que pioraram as condições de vida da classe trabalhadora por anos. Ou a luta para impedir esse barbarismo de especulação que 
priva milhares e milhares de pessoas de acesso à habitação. Faz parte da nossa tarefa de união em um caminho que deve nos levar a 
transformar a sociedade . ---- Precisamente porque assumimos essa perspectiva, entendemos, respeitamos e compartilhamos as posições que a 
CGT de Euskal Herria e as diferentes federações que compõem adotaram em relação à greve de 30 de janeiro para considerar que esse processo 
não foi construído adequadamente. mobilizador. Olhando para o futuro, a melhor maneira de resolver situações como essa é pedir a diferentes 
atores sociais em todo o mundo que sejam mais capazes de encontrar os pontos de confluência. Confluências que devem ser buscadas com relação 
às diferentes organizações, mantendo os processos de diálogo necessários para tornar isso possível e colocando no centro os interesses que 
defendem a luta que está sendo levantada.

A partir da CGT da Catalunha, estamos envolvidos nesse processo de construção de resistência e ofensiva, participando no próximo dia 30 com 
outros sindicatos catalães em uma luta ativa pela revogação total das reformas trabalhistas, por aposentadorias decentes com uma redução na 
idade da aposentadoria e pôr os pés na especulação imobiliária que nos afoga diariamente.

Comunicado da Secretaria Permanente da CGT-Catalunha

cgtcatalunya.cat/spip.php?article13238


Mais informações acerca da lista A-infos-pt