(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL -Comunicado de imprensa da UCL Nantes,ZAD de la Dune: expulsão em contenção total (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 18 de Abril de 2020 - 09:17:51 CEST


Em meio a uma crise de saúde, as autoridades não encontraram mais nada para expulsar os ocupantes da ZAD de la Dune em Brétignolles-sur-Mer 
na quarta-feira, 8 de abril. Enquanto atravessamos uma situação dramática de saúde e social, a prefeitura de Vendée mobiliza dezenas de 
gendarmes, veículos e um helicóptero (!) Em direção aos oponentes e oponentes do projeto destrutivo. A união comunista libertária reafirma 
seu apoio aos ocupantes. ---- Desde outubro de 2019, um ZAD foi criado nas dunas de Normandelière em Brétignolles-sur-Mer, na Vendeia. É uma 
resposta ao projeto da marina, que tem sido controverso por dezessete anos, mas deve ser entregue em 2023. Esse projeto segue a lógica 
política da escolha destrutiva para a ecologia.
O futuro porto exigirá cortar e achatar a duna, cavar um canal, construir uma ponte, tudo dentro de uma área natural de várias dezenas de 
hectares. Os zadistas pretendem proteger esse rico pantanal e uma costa rochosa considerada excepcional. A emergência ecológica não deixa 
mais espaço em nossa sociedade para esse tipo de projeto inútil, cada vez mais concreto.

No entanto, a evacuação do ZAD da duna ocorreu na quarta-feira 08, à noite, enquanto os habitantes do local estavam sob custódia policial e 
o confinamento impediu qualquer apoio aos zadistas. Durante várias semanas a expulsão sentida, os habitantes da ZAD estavam se preparando 
erguendo barricadas e fortalecendo suas instalações. Somente onde o confinamento parecia levar à trégua, as autoridades, segundo eles, 
improvisaram uma expulsão e uma destruição do ZAD de la Dune, com a ajuda de cerca de 70 civis convocados pelo prefeito, para prosseguir com 
os incêndios. cabines. Por um lado, as autoridades lamentam a atual pandemia, por outro, fazem de tudo para perpetuar a chegada de outras 
pandemias, destruindo o ambiente natural.

No final, quase todos eles foram presos e mantidos sob custódia policial, enquanto as forças da desordem destruíram suas casas, 
incendiando-as, sem se preocupar com os assuntos pessoais ainda presentes. Assim, a prefeitura de Vendée coloca as pessoas na rua, sem 
reinstalar a solução, depois de expô-las ao vírus nas células, demonstrando um cinismo arrepiante. Um cinismo de que Christophe Chabot, 
presidente da Comunidade de comunas de Saint-Gilles-Croix-de-Vie, não tem nada a invejar. Ele se declarou no Twitter "muito emocionado e 
muito feliz" com essa expulsão e disse que previa o início das obras em setembro. Outro que, por falta de dignidade, é melhor ficar quieto.

Os ocupantes do ZAD já estão pedindo uma reocupação do local assim que o confinamento terminar, vamos lá.

A União Comunista Libertária de Nantes expressa seu apoio à luta pela proteção das Dunas. Não hesite em contatá-los se você estiver na área 
e tiver soluções de habitação. Não ao projeto destrutivo da marina, vamos continuar lutando pela preservação da biodiversidade e de nossos 
ecossistemas !

União Comunista Libertária Nantes, 10 de abril de 2020

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?ZAD-de-la-Dune-expulsion-en-plein-confinement


Mais informações acerca da lista A-infos-pt