(pt) [Itália] "Epidemia"? Massacre do Estado! By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 3 de Abril de 2020 - 08:55:24 CEST


Os seguintes cartazes apareceram nos muros de Turim. Abaixo está a reprodução completa do texto. ---- As casas são lugares seguros? Não. 
Porque o governo nem sequer verifica as pessoas com febre e tem de ficar em casa até piorar. Um termômetro laser digital custa 100 euros. O 
preço de uma vida ---- Todos os dias 70 milhões de euros vão para gastos militares. Quantos respiradouros, tampões, máscaras se poderia 
comprar com 70 milhões de euros? Um novo hospital custa 11 milhões de euros. ---- Todos os governos reduziram os cuidados de saúde e 
aumentaram as despesas militares. Eles tiraram-nos a saúde para fazer a guerra. Ainda hoje estão a fazer guerra contra nós. Eles nem sequer 
dão proteção as pessoas que trabalham em hospitais. ---- O vírus trazido pelos guardas chegou às prisões. O governo matou 14 pessoas durante 
a revolta dos prisioneiros.

Eles tratam aqueles que vão correr no parque como criminosos, mas deixam as fábricas abertas. Os trabalhadores que fazem greve para não 
morrer são denunciados.

Os criminosos estão no governo.

O Estado é o vírus que nos rouba a vida hoje como sempre.

Federação Anarquista de Turim

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt