(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL - Não ao golpe cívico e militar na Bolívia! (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019 - 08:36:36 CET


Após os recentes acontecimentos na Bolívia, achamos importante compartilhar a análise dos 
ativistas no local. Desde a polêmica reeleição de um Morales que não quis desistir de seu 
assento até um golpe orquestrado pela direita, extrema direita e igreja evangelista, a 
escalada da violência contra as populações indígenas não pare mais. Wiphala queimou (a 
bandeira dos povos andinos, símbolo do estado multinacional) ao cumprimento das regras 
aqui é agora Jeanine Áñez Chavez, apoiada pelo auto-declarado presidente interino dos 
Estados Unidos, ela é entre outras conhecidas por seus meios de comunicação racistas e sua 
chegada à Bíblia do palácio presidencial na mão para "salvar a Bolívia" ...
Não ao golpe cívico e militar na Bolívia !
Rejeitamos a ação golpista que está ocorrendo agora na Bolívia. Sob pressão do 
imperialismo, o exército boliviano (legado da ditadura Hugo Banzer) e a extrema direita 
boliviana. A renúncia de Evo Morales destacou a articulação golpista formalizada nas 
manifestações de direita que ocorreram após os resultados das eleições.

O principal líder dessas marchas de direita foi o empresário e golpista Luis Fernando 
Camacho, líder da Ação Cívica. Camacho é um católico devoto nascido em uma das regiões 
mais ricas da Bolívia. Gravações filtradas demonstram a articulação do imperialismo para 
realizar o golpe por meio de mecanismos sujos de guerra, com o objetivo de garantir seus 
interesses econômicos e políticos na região. Ouvindo essas gravações, também suspeitamos 
da participação do governo brasileiro nessa ação golpista.

O imperialismo está agindo novamente na América Latina para impedir qualquer tentativa de 
um mínimo de soberania nacional no nível econômico.

Entendemos que não podemos ter uma única esperança em nível institucional, nem abrir mão 
do direito de um centímetro de direitos populares. Somente a organização popular das 
pessoas de baixo pode garantir a manutenção e a conquista dos direitos sociais e 
econômicos. Somente a auto-organização popular e a ação direta podem derrotar o avanço 
imperialista em todo o continente.

Que o povo boliviano derrote os golpistas nas ruas e construa referências do poder popular 
para esmagar o imperialismo e a extrema direita boliviana !

Não ao golpe cívico e militar na Bolívia !
Que o destino dos povos não é definido pelo Exército, mas pela luta popular !
Vamos lutar contra o golpe de estado da FFAA e a direita fascista !
Defenda as conquistas, organizadas e na rua !
Para a construção do poder popular !
No pasarán !! Eles não vão passar !

Coordenando a
Federação Anarquista Brasilera Anarquista Uruguaya
Federação Anarquista de Rosario (Argentina)
Organização Anarquista de Córdoba (Argentina)
Roja y Negra (Bs as)

Links: Aqui está o lançamento de organizações anarquistas específicas da América Latina em 
reação aos primeiros eventos

http://federacionanarquistauruguaya.uy/no-al-golpe-em-bolivia-declaracion-conjunta/
https://anarquismo.noblogs.org/?p=1208

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Non-au-coup-d-Etat-civique-et-militaire-en-Bolivie


Mais informações acerca da lista A-infos-pt