(pt) federacao autonoma FAT: PROFESSORES, ESTUDANTES E TRABALHADORES DE OUTRAS CATEGORIAS PROTESTAM CONTRA BOLSONARO

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 17 de Novembro de 2019 - 08:44:43 CET


Na última sexta-feira, dia 8 de novembro, diversos professores ligados ao MPG (Mobilização 
de Professores de Goiás), Simsed (sindicato municipal da educação), estudantes e 
trabalhadores ligados à FAT e ao MEPR (Movimento Estudantil Popular Revolucionário), além 
de independentes, manifestaram-se contra a presença de Jair Bolsonaro em Goiânia, na 
ocasião da entrega demagógica de mais de 200 ônibus escolares fruto de uma emenda 
parlamentar, daquelas que o Bolsonaro distribuiu para aprovar suas medidas anti-povo ---- 
O protesto teve como pautas a luta contra as reformas da previdência municipal, estadual e 
federal, contra os ataques à educação, contra os diversos ataques que o povo vem sofrendo 
e contra o caráter autoritário, miliciano e militarista do presidente.

O ato contou com cerca de 50 pessoas, que se reuniram no Ministério Público estadual e 
seguiram rumo ao estádio Serra Dourada, onde a cerimônia seria realizada. Entoando gritos 
de ordem como o FORA BOLSONARO, os manifestantes foram o tempo todo pressionados pela 
polícia e pela cavalaria, que só deixava os apoiadores de Bolsonaro chegarem perto do estádio.

Mesmo assim, os manifestantes se dirigiram para as principais vias de tráfego na frente do 
estádio, batucando e entoando gritos de ordem, com faixas esticadas na avenida. Houve um 
buzinaço dos carros que estavam no trânsito, devido ao fato da polícia ter fechado as vias 
para impedir que o carro de som do ato passasse, logo no começo do ato. Os manifestantes 
seguiram sem o carro de som. A dispersão ocorreu de forma tranquila.

As organizações pelegas, tais como o SINTEGO (sindicato estadual da educação ligado à CUT) 
recusaram o convite para construção do ato, reforçando seu caráter eleitoreiro e hipócrita.

Devemos preparar os comitês Fora Bolsonaro, fomentar os blocos combativos em atos, 
brigadas de autodefesa (neste ato poderia ter ocorrido um massacre, devido ao número e 
força policial muito superior à dos manifestantes) e convocar uma Greve Geral de todas as 
trabalhadoras e trabalhadores contra os ataques ao povo.

FORA BOLSONARO/MOURÃO, FORÇAS ARMADAS REACIONÁRIAS, CONGRESSO DE CORRUPTOS E JUDICIÁRIO 
FASCISTA!

PODER PARA O POVO!

POR UMA GREVE GERAL INSURRECIONAL!

https://federacaoautonoma.wordpress.com/2019/11/11/professores-estudantes-e-trabalhadores-de-outras-categorias-protestam-contra-bolsonaro/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt