(pt) uniao anarquista: 01 de Maio - Dia de Luta e Luto

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 5 de Maio de 2019 - 10:42:34 CEST


A União Popular Anarquista (UNIPA) saúda toda a classe trabalhadora brasileira e mundial 
neste 1º de maio, dia de luta, memórias e resistência. Em 01 de maio de 1886 trabalhadores 
e trabalhadoras dos Estados Unidos foram as ruas reivindicar 08 horas de trabalho. Como 
sempre a classe dominante respondeu com repressão, mas os trabalhadores resistiram. O 
estado e o capital então perseguiram e assassinaram 08 trabalhadores anarquista. Mais de 
cem anos depois desta luta, temos novamente o avanço do capital e a crescente precarização 
das condições de vida, devemos mais do que nunca fortalecer o simbolismo desse dia e 
transformá-lo em ações concretas de resistência contra nossos inimigos.
Relembrar a luta de nossos companheiros que tombaram é uma forma de homenageá-los e 
prosseguir com suas causas batalhando ao lado do povo.

No contexto brasileiro, o dia deve servir como um ponto de partida para as lutas que estão 
na ordem do dia: Lutas contra a reforma da previdência, contra o genocídio e 
encarceramento do povo pobre negro, contra o sucateamento da educação e da saúde, contra o 
desemprego e contra o avanço de políticas anti povo que atingem a classe trabalhadora no 
campo e na cidade, nas favelas e periferias. E ao lado dessas pautas, o principal esforço 
dos revolucionários anarquistas deve ser a construção do movimento das trabalhadoras e dos 
trabalhadores com base nos preceitos da autogestão, federalismo, ação direta, 
antimilitarismo e anticlericalismo. É fundamental a auto-organização da classe 
trabalhadora para o enfrentamento nas ruas, locais de trabalho e moradia. É preciso a cada 
dia voltar a construir o Sindicalismo Revolucionário e o torno uma referência para os 
trabalhadores do Brasil e do mundo. Os trabalhadores no Brasil e em diversas outras partes 
do mundo tem se auto-organizado e procurado lutar por uma vida melhor. Organizações 
sindicalistas revolucionárias, anarcosindicalistas e autônomas tem se articulado nas 
Américas, Europa, África e Ásia.

Internacionalmente, devemos envidar esforços na defesa da luta dos povos em insurgência e 
na organização da classe trabalhadora em uma nova articulação desenvolvendo assim, na 
prática, o internacionalismo proletário.

Viva a Classe Trabalhadora!
Viva o 1º de maio!

Anarquia é Luta! Pela Revolução Proletária Socialista!!!

https://uniaoanarquista.wordpress.com/2019/05/02/01-de-maio-dia-de-luta-e-luto/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt