(pt) Coordenação Anarquista Brasileira - CAB: Há 77 anos, em 22 de março de 1942, falecia a anarquista uruguaia Maria Collazo.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 24 de Março de 2019 - 06:52:07 CET


Nascida em 1884 em Montevidéu, desde muito jovem interessou-se pelos ideais libertários. 
Mudou-se para Buenos Aires, onde iniciou uma militância intensa no sindicalismo e pela 
causa das mulheres trabalhadoras. Foi uma das fundadoras do Centro Feminino Anarquista e 
do Centro Feminista "Emancipación", espaços de luta e organização das mulheres, além de 
ter militado em Sociedades de Resistência das mulheres trabalhadoras.
Sempre destacando a importância da luta feminista, fundou importantes publicações como "La 
Nueva Senda" e "La Batalla", onde destacavam-se sua firme posição anarquista e em defesa 
dos direitos das mulheres. ---- Conhecida como "Abuelita del pueblo" (Vovó do Povo"), 
Maria Collazo esteve presente em diversas mobilizações populares, como a Greve dos 
Inquilinos que aconteceu em 1907 em Buenos Aires, onde durante três meses moradoras e 
moradores lutaram contra os altos preços dos aluguéis e por condições dignas de moradia. 
Deportada para o Uruguai, não abandonou a luta, tendo sido uma das fundadoras da União 
Sindical Uruguaia, mobilizando contra as discriminações salariais sofridas pelas mulheres, 
bem como aqueles que que mantinham uma postura recuada e de conciliação com o governo.
Nesse 22 de março, recordemos a memória de Maria Collazo e a luta das anarquistas 
latinoamericanas!


Mais informações acerca da lista A-infos-pt