(pt) liga rj: Não nos representam. Autonomia e organização de base: lutamos de pé.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 1 de Julho de 2019 - 06:56:14 CEST


Heitor dos Rios --- (ATIVISTA DIREITOS HUMANOS E MILITANTE SINDICAL DE BASE) ---- Centrais 
sindicais e maioria de sindicatos não são contra a reforma da previdência e estão 
barganhando com o governo e com o congresso sem autorização das bases de trabalhadores e 
já fazem propostas para a reforma da previdência alinhadas com os partidos de esquerda, de 
centro e direita. ---- Este seguem manipulando e distorcendo as manifestações contra o 
corte da educação e o fim da reforma da previdência dando a falsa impressão que alcançamos 
alguma vitória. Quando a única vitória foi dos trabalhadores e movimentos sociais 
autônomos que fizeram duas manifestações massivas e uma greve geral no período de um mês.
As Centrais sindicais e maioria dos sindicatos não trabalham e não trabalharão para 
venceremos a guerra de Bolsonaro contra os trabalhadores. Eles lutam para manter seus 
privilégios de elite sindical profissional, eles manipulam afirmando que as grandes 
manifestações e greve geral pedem a liberdade do ex-presidente Lula (que de fato é um 
preso político, mas, que não podem usar as pessoas alienando-as ou manipulando-as), eles 
lutam, sobretudo com partidos de esquerda para PERDEREM a luta contra a reforma 
previdenciária como punição ao povo por não ter escolhido o Partido dos Trabalhadores e 
assim nos demonstrarem, como um Pai rigoroso e perverso, que só eles tinham a razão e são 
a única opção e que devemos OBRIGATORIAMENTE VOTAR,e votar neles da esquerda salvadora nas 
próximas eleições.

É o momento de trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo,ativistas e militantes 
se auto-organizarem e ocuparem todos os espaços públicos e seus locais de trabalho 
afirmando seu não à reforma da previdência e não aos cortes na educação. Realizemos 
reuniões com nossos amigos e colegas e nos organizemos em uma campanha maior dos 
trabalhadores e trabalhadoras contra a reforma da previdência.

É necessário conversarmos em assembleias sindicais e sociais nas praças das cidades 
quebrando o controle da notícia pelas grandes mídias e romper o cerco paralisante do 
controle nas redes sociaisdos partidos da esquerda, do centro, da direita e da extrema 
direita.

Temos escolhas. Vamos juntos lutar.

https://ligarj.wordpress.com/2019/06/25/nao-nos-representam-autonomia-e-organizacao-de-base-lutamos-de-pe/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt