(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL - Mobilização de 17/12, Nenhum presente para o governo, nenhuma trégua para o Natal ! (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 21 de Dezembro de 2019 - 09:49:46 CET


Ofertas 1 st ministro vai convencer ninguém. Todos os sindicatos estão pedindo ação e isso constitui um apoio adicional para convencer 
nossos colegas. As negociações por setores não dão nada no momento, porque os grevistas permanecem unidos. Finalmente, a mobilização é 
amplamente apoiada na população e Delevoye teve que renunciar. Claramente: a vitória é sempre possível ! ---- Não devemos nos esconder atrás 
dos discursos da fachada. A situação é tensa. O 5 foi um sucesso inegável do qual todos podem se orgulhar. Mas a greve das renováveis, por 
enquanto, não se generaliza. Muitas empresas e equipes sindicais não previram o dia após o dia 5. Desde então, lutamos para encontrar o 
ponto de apoio para prolongar as renovações. Este dia 17 de dezembro deve permitir-nos ganhar pressão e perguntar, sempre que possível, a 
questão da extensão da greve para amanhã e nos próximos dias.

Devemos nos alegrar com a atitude do CFDT ?
Até o CFDT agora se opõe à reforma ... mas apenas com a idade de 64 anos ! Pode-se facilmente imaginar a manobra. Laurent Berger mostra as 
presas ; o governo covarde durante a era central, muito a dizer sobre pouco ; podemos então imitar a reconciliação, com um governo orgulhoso 
de ter "  escutado  " e um CFDT que, orgulhoso de sua "  vitória Apela ao fim da greve e capitula tudo o mais. E, no entanto, acreditamos 
que os trabalhadores e ativistas do CFDT devem ser bem-vindos em nossas manifestações. Primeiro, porque alguns sindicatos da CFDT, tanto no 
setor público quanto em empresas privadas, já estão em conflito desde 5 de dezembro. Mas também porque quanto mais tempo os mantivermos na 
rua, mais será difícil para Berger fazê-los engolir uma nova cobra. Nosso trabalho militante permanece para convencer, e para convencer que 
devemos debater, não uivar.

E as férias ?
Voltar ao trabalho e deixar a pressão para o Natal ? Depois de mais de 10 dias de greve para alguns ? Fora de questão ! Nossa prioridade 
deve ser fazer tudo para ampliar a greve que pode ser renovada hoje e não deixar os setores que estão se renovando sozinhos de frente para o 
governo. As celebrações de fim de ano não apenas funcionam contra nós, mas também pressionam o governo, que procura colocar a 
responsabilidade pelo bloqueio sobre os grevistas. Mas seu discurso não passa. Delevoye foi forçado a renunciar porque se tornara o símbolo 
da rejeição a essa reforma. Mas todo o projeto deve ser excluído! Apesar de tudo, também devemos antecipar o que vem a seguir, preparar em 
nossas cabeças a ideia de que faremos tudo para vencer desta vez. Para isso, continuaremos até janeiro, se necessário !

O peso das derrotas passadas pesa sobre nossos ombros. Devemos, no entanto, estar convencidos de que podemos vencer, porque derrubar esse 
governo francamente é possível. Além disso, mesmo que estejam medindo colheres, não as soltam por prazer, mas porque estão sob pressão. 
Vamos continuar a greve e generalizá-la. Perder a sua vida para vencê-lo: nunca !

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?PAS-DE-CADEAU-AU-GOUVERNEMENT-PAS-DE-TREVE-POUR-NOEL


Mais informações acerca da lista A-infos-pt