(pt) federacao autonoma FAT: PROTESTO NA SME: Assédio e descaso!

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 8 de Dezembro de 2019 - 06:58:22 CET


Nesta terça-feira (03/12), professores, administrativos, pais e alunos chamados pelo SIMSED reuniram-se na porta da Secretaria Municipal de 
Educação, para protestar contra um pacote de mudanças estruturais no funcionamento da rede de ensino, entre os problemas relatados um já tem 
efeito imediato, que é o desrespeito ao recesso de fim de ano dos servidores administrativos, que teriam de manter plantão nas escolas após 
o período de término das aulas devido a falta de planejamento da secretaria, outros problemas começariam seus efeitos a partir do início do 
ano letivo de 2020, como a passagem dos sistemas de ciclos de volta ao sistema seriado, porém disfarçado no projeto dividido em ciclos por 
fases etárias, sem base pedagógica nenhuma que justificasse essa proposta; Demissões massivas de professores enquadrados como excedentes; 
Remanejamento de professores efetivos de suas escolas; Outra reinvindicação é pela manutenção da grade paritária, que garante divisão igual 
do tempo letivo entre as matérias para um ensino de fato completo.

Do lado de fora da SME, a comunidade escolar da rede municipal discutiu e criticou as propostas, que foram anunciadas de forma oportunista 
no fim do ano escolar afim de impossibilitar a reação mobilizada e coesa, portavam cartazes, faixas, e davam seus relatos de indignação. Nem 
mesmo a chuva aplacou o grupo.

Após esse momento, todos adentraram à Secretaria para entregar um documento com as reinvindicações e exigir do Senhor Secretário que 
marcasse um horário para ouvir os trabalhadores e apresentar suas mudanças, porém com direito de resposta da categoria e de intervenção de 
cada interessado, como deveria ter sido feita em tempo hábil numa audiência pública. Mas o Excelentíssimo Secretário estava cumprindo 
compromissos de sua agenda fora das dependências da SME, algo facilmente verificável se os diversos representantes da comunidade escolar de 
toda a região metropolitana pudessem ter consultado a agenda do Secretário Marcelo, O que seria um direito de todos ali segundo a lei de 
transparência; Porém mais uma vez num curto espaço de tempo cada um ali teve seus direitos agredidos novamente, desconfiados e revoltados 
todos permaneceram ali, entoando suas reclamações na antessala do gabinete do Secretário, até que pelo menos um horário para outro dia fosse 
marcado para receber os representantes das categorias. Ainda assim não houve resposta satisfatória.

Durante a estada do grupo naquela antessala foram relatados os mais absurdos assédios, desde ameaças de cortes de ponto, à interventores da 
própria SME indo às escolas naquela manhã(03/12) pressionando os diretores a abrir sindicância contra os funcionários que fossem 
protestar(situação ocorrida na E.M. Recanto do Bosque, e relatada por professores que saíram da escola para o protesto presenciando 
exatamente esta cena), Relato de mãe de aluno de um dia antes ligava para a secretaria e era deixada fora do gancho falando sozinha. Talvez 
por isso esse grupo se limitasse naquele momento a pouco menos de 30 pessoas, Mas para o restante do funcionalismo, e das comunidades 
escolares de cada bairro fica o convite: Na próxima terça(10/12) às 8:00 vai ser maior! Vão ter que nos ouvir! E cada voz que se junta ao 
coro torna mais inevitável a vitória da Educação sobre o despreparo da Secretaria.

https://federacaoautonoma.wordpress.com/2019/12/04/protesto-na-sme-assedio-e-descaso/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt