(pt) [País Basco] Comunicado de AnarkHerria: "Condenamos o G7" By A.N.A. (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 27 de Agosto de 2019 - 08:00:46 CEST


A cúpula do G7 em Biarritz cria de fato um estado de exceção em uma parte de Euskal 
Herria[País Basco]. Esta ocupação policial e militar está fazendo com que a população 
local veja limitada tanto sua liberdade de movimento como de expressão. ---- 13.200 
policiais franceses, 2.800 espanhóis e 4.000 bascos colaboram para restringir os direitos 
civis da população basca e de qualquer pessoa que passe por esta parte do território 
basco. O aeroporto de Biarritz está fechado para a sociedade e ocupado militarmente, a 
maior parte das estações de trem de Lapurdi fechadas, Biarritz e arredores está tomada 
policialmente e seu acesso controlado através de passagens limitadas, os campos 
desportivos e as escolas foram militarizados, as comunicações estão estritamente 
controladas, o centro de detenção para migrantes de Hendaya serve como lugar de custódia e 
a prisão de Bayona foi esvaziada para futuros detidos. Estes são só alguns exemplos do que 
supõe este estado de exceção. Já houve cinco detenções e se expulsaram do território 
francês "preventivamente" um jornalista.

Este aumento do autoritarismo por parte dos estados não é uma exceção, é a tendência do 
atual capitalismo global que considera obsoletas as liberdades da democracia formal 
burguesa que o antigo capitalismo estabelece nos territórios onde lhe parecem úteis e 
necessárias para seu desenvolvimento. Anarkherria é consciente do perigo deste aumento do 
autoritarismo nos estados europeus. Condenamos o G7, não só pelo que supõe como estado de 
exceção, mas como mostra desta tendência totalitária que impregna as democracias formais 
burguesas.

Frente a isso, Anarkherria defende a democracia real baseada no bairro e o encontro em um 
País Basco livre e igualitário.

Anarkherria, 22 de agosto de 2019.

Fonte: http://sareantifaxista.blogspot.com/2019/08/g7-biarritz-comunicado-de-anarkherria.html

Tradução > Sol de Abril

[País Basco]Comunicado da Red Aman Komunak: "Quebremos o G7. Terra e liberdade!"
By A.N.A. on 23 de agosto de 2019

Olá, sou Maiti, a neta das bruxas que não puderam queimar.

O Conselho da Inquisição suprema do G7 chega a nossa casa para impor seu credo com 
prepotência. Como na Idade Média, se reunirá em palácios fortalecidos, controlando a plebe 
e ameaçando os ímpios com suas armas.

Estes assassinos falam constantemente da violência dos opositores. Enquanto isso, seguem 
queimando os mares, as terras, os bosques e assam as pessoas e as cidades. E nos repetem 
que vão melhorar o encanto do planeta. Nos cospem na cara. Acenderam um fogo enorme e 
enquanto lhes demos legitimidade, não apagarão nada.

Afortunadamente, as bruxas começaram a esquentar os caldeirões para envenenar o banquete. 
As ruas se encheram de mensagens e de ações diversas para denunciar esta pantomima.

Que as dinâmicas contra esta cúpula sejam o começo das resistências, alianças e esperanças 
de amanhã. Que a solidariedade e a convergência sejam a chave de tudo.

Convido-os a participar em todas as mobilizações que acontecerão contra o G7 e no dia 
seguinte, sigamos semeando lutas e construções, em alegria e diversidade.

Quebremos o G7. Terra e liberdade! ¡Lurra eta Askatasuna! Maiti.

Fonte: http://sareantifaxista.blogspot.com/2019/08/comunicado-de-red-aman-komunak.html

Tradução > Sol de Abril


Mais informações acerca da lista A-infos-pt