(pt) [França] Abertura do local revolucionário "Au Chat Noir" By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 8 de Abril de 2019 - 08:43:19 CEST


É com grande alegria e sólida determinação que nós anunciamos à abertura oficial do espaço 
revolucionário "Au Chat Noir" na sexta-feira 22 de março de 2019, à rua Puget, 33, 
Toulouse. ---- Esta inauguração é fruto de um trabalho político comum da Alternativa 
Libertária (Alternative Libertaire), da Confederação Nacional do Trabalho (Confédération 
Nationale Du Travail), da Coordenação dos Grupos Anarquistas (Coordination dês Groupes 
Anarchistes) e da União Antifascista Toulousiana (Union Antifasciste Toulousaine). ---- 
São quatro organizações motivadas por uma mesma vontade: a criação e animação de um lugar 
de organização para as lutas sociais e a revolução, durável pelo tempo. ---- Este projeto 
visa vários objetivos: ---- Diversidade das práticas, das estratégias e das lutas

Promover as experiências e as práticas de lutas e de auto-organização, contando com o 
‘know-how' dos participantes. Recusamo-nos a hierarquizar e/ou priorizar as muitas causas 
legítimas e lutas políticas necessárias. Pelo contrário, queremos afirmar, por essa 
abordagem unitária, que é hora de construir formalmente esse amplo movimento 
revolucionário que está borbulhando nos quatro cantos do país e da cidade.

Anticapitalismo

A motivação para criar este lugar é essencialmente anticapitalista. O capitalismo destrói 
os povos, suas culturas e natureza, favorecendo a construção de relações sociais baseadas 
na exploração, mercantilização, supremacia branca, competição e lucro.

Isso está muito longe da sociedade social e amistosa em que aspiramos viver. Assim, 
queremos construir relacionamentos e uma vida de bairro nas antípodas do capitalismo, 
baseados no respeito, na ajuda mútua e na solidariedade.

Abertura do lugar aos moradores do bairro e aos outros coletivos de luta

A emancipação não é possível sem se envolver com nossa classe e em nossas comunidades. 
Assim, desejamos colocar à disposição este lugar e seus recursos àqueles que desejam 
participar ou aos grupos de luta e grupos revolucionários que precisam dele.

Com o desejo de consolidar a dinâmica da resistência na cidade e na criação de outros 
grupos e projetos similares.

Um lugar de organização, de encontros, de transformações e de informação

O objetivo do local "Au Chat Noir" é fornecer um espaço para todas as pessoas e grupos, 
que tenha em conta a diversidade dos problemas cotidianos, da vida e da realidade dessas 
pessoas.

Este lugar pretende ser um ponto de encontro, no meio de uma cidade gentrificada e 
monitorada. Um lugar de informação local, nacional e internacional, um lugar para a 
auto-formação. Enfim, um lugar para organizar reuniões, discussões, oficinas, projeções...

Tudo quanto possa encorajar a cena local já existente.

A auto-organização do projeto e a autogestão do local

Este lugar é uma associação local. As 4 organizações realizaram o projeto inicial e têm, 
além de sua autonomia de grupo, um nível de organização específico para o projeto. A 
autogestão do lugar é organizada de acordo com as práticas coletivas vivenciadas. E como 
gostamos de dizer, "autogestão não significa auto-limpeza". Todos põem as mãos na massa 
para que ela gire! Cada um com seus meios, para cada um com suas necessidades. Nós pagamos 
aluguel, autofinanciados, por meio de contribuições dos grupos e membros, e com um fundo 
de apoio permanente, alimentado por assinaturas solidárias e eventos pontuais para apoio.

A recusa categórica das opressões e discriminações

Este lugar opõe-se ativamente à discriminação fundados em "raça", origem étnica, classe, 
gênero, sexualidade, nível educacional, status econômico ou qualquer outra discriminação 
que atente à dignidade dos indivíduos. Reconhece-se a pluralidade de pensamentos 
(políticos, ideológicos, morais, etc.), sem nunca renunciar à implementação dos nossos. 
Qualquer ato ou comportamento contra essa ética em nosso local resultará em uma resposta 
imediata.

A revolução social como perspectiva política comum

Este local nos ancora um pouco mais na cidade. Somos ativistas, revolucionários, 
libertários, sindicalistas, antifascistas, vermelhos e pretos, e nós somos organizados. 
Andamos juntos em direção a um horizonte comum, povoado de amanhãs que cantam e de comunas 
que reflorescem. Juntem-se a nós!

Amor e solidariedade

Os Gatos Negros de Toulouse

Tradução > Markus Markus

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt