(pt) [Espanha] CGT espera que a exumação de Franco seja o primeiro passo para o reconhecimento e reparação da memória de suas vítimas By A.N.A. (en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018 - 08:00:54 CEST


Após 43 anos da morte do assassino e com o PSOE governando há duas décadas no Estado 
espanhol, o novo executivo de Sanchez inicia o processo de remoção dos restos do Vale dos 
Caídos ---- A Confederação Geral do Trabalho (CGT) manifestou através de um comunicado 
estar de acordo com o procedimento que envolve a exumação do corpo de Francisco Franco no 
Vale dos Caídos e posterior transferência para um mausoléu, que em outros países europeus 
seria impensável manter pelo significado fascista que supõe como símbolo de uma etapa 
negra da história espanhola. ---- A CGT sublinhou que o Vale dos Caídos, que se levantou 
com mão de obra escrava, nunca poderá ser um monumento à reconciliação como alguns setores 
da sociedade têm pretendido, pela primeira vez durante a transição e depois com a chegada 
da suposta "democracia". A CGT acredita que é inviável que os restos e a memória das 
vítimas da repressão franquista descansem junto aos de seus algozes.

A CGT exige a devolução dos restos mortais das pessoas vítimas de represálias para as suas 
famílias, para que possam ter um enterro apropriado e possam ser lembradas em outro lugar 
longe do horror que levou à construção do Vale dos Caídos para muitas delas. Da mesma 
forma, A CGT recorda que o fato de que a saída do genocida Franco foi acordada por maioria 
e não por unanimidade no Congresso dos Deputados evidencia que o fascismo e os ideais 
franquistas estão mais vivo do que nunca e muito presente entre aqueles que se sentam 
atualmente em poltronas de parlamentos "democráticos".

Por outro lado, e ante o planejamento de modificar a lei da Memória Histórica de Rodriguez 
Zapatero, a CGT expõe que voltará a exigir que os direitos de justiça e reparação das 
vítimas sejam garantidos sem distinção entre elas. Neste sentido, a organização 
anarcossindicalista também acredita que é essencial uma modificação do Código Penal junto 
à lei de Anistia para que os verdugos franquistas não fiquem impunes e as sentenças de 
morte aplicadas contra pessoas inocentes, como no caso dos anarquistas Delgado e Granado, 
sejam anuladas.

Escritório de Imprensa da CGT

Fonte: 
http://rojoynegro.info/articulo/ideas/cgt-espera-la-exhumaci%C3%B3n-franco-sea-el-primer-paso-el-reconocimiento-reparaci%C3%B3n-la-me

Tradução > Liberto

Conteúdos relacionados:


Mais informações acerca da lista A-infos-pt