(pt) liga rj: A ilha da fantasia e a guerra social no Brasil

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 31 de Outubro de 2018 - 09:19:27 CET


Ou: como docilizar um animal domesticado! ---- Respectivamente direita e esquerda: 
capitalistas e gestores do capital, destroem a capacidade de resistência de trabalhadores 
no campo e cidade, domesticam a rebeldia estudantil. Uma explora e asfixia pela economia e 
outra entorpece com discurso único e falsos caminhos fáceis. ---- Realmente a democracia é 
menos pior que a ditadura. Isto não justifica que nós da população brasileira, 
especialmente os trabalhadores, precarizados e desempregados, gays, lésbicas, trans, 
negros e índios nos deitemos nesse berço de injustiças e desigualdades que é a democracia 
capitalista hiper exploradora e violenta, governada muito tempo pela direita, e nos 
últimos 12 anos pela esquerda - que de socialista só consta o nome -.
Segue aqui uma lista, talvez incompleta de Universidades e Institutos Federais que 
sofreram ação da polícia federal nesta semana para coibir, reprimir silenciar 
manifestações e expressões políticas relativas a candidatos ao cargo de presidência da 
república. Não se enganem que estas ações foram contra o fascismo, integralismo ou 
populismo do século 21 no Brasil. Foram sim em apoio e campanha ao candidato da esquerda e 
em oposição ao autoritário e conservador candidato da extrema direita populista.

UFRRJ IFB UFPB UERJ UFU UFAM UCP UniRio UEPB UFMG UFG UNEB UCP UFMS UFRJ UFERSA Unilab UFF 
Unifei UFBA UFCG UFMT UENF UEPA...

Longe de admitir ações repressoras pelo Estado Brasileiro. É obrigatório afirmar o direito 
a liberdade de expressão dentro e fora das universidades e institutos federais.

É ainda mais urgente e obrigatório afirmarmos também o direito de todos se expressarem, é 
vital que ontem, hoje e após as eleições nos encontremos e sigamos na construção de uma 
sociedade livre da opressão e exploração capitalista. De outra maneira, a cada dois anos, 
eleições locais e gerais, as disputas para quem te reprime e te explora continuarão a 
ocorrer repetindo-se, com maior ou menor grau de autoritarismo e de opressão.

Para além da repressão nas universidades segue os números das mortes na guerra social:

"Ao todo, o Brasil registrou em 2016 a marca histórica de 62.517 homicídios, de acordo com 
informações do Ministério da Saúde. Essa quantidade representa uma taxa de 30,3 mortes 
para cada 100 mil habitantes - 30 vezes superior à taxa da Europa. De acordo com o estudo 
divulgado, 553 mil pessoas foram assassinadas no Brasil nos últimos 10 anos."
Fonte: 
http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/relatorio_institucional/180604_atlas_da_violencia_2018.pdf

Nas periferias e campos do Brasil a população pobre e trabalhadora segue sendo 
assassinada. Uma guerra social é travada pelos aliados Capitalistas e Políticos contra o 
povo visando somente o lucro e a extinção dos pobres, negros e índios.

Além das mortes na guerra social a redução dos direitos trabalhistas que caminha para 
extinção dos direitos do trabalhador, o ataque a aposentados, desempregados e precarizados 
com o desmonte da saúde pública, a hiper-exploração excludente com o aumento dos anos de 
trabalho e contribuição para previdência social obrigando o trabalhador a se aposentar com 
salário abaixo do seu pagamento na ativa. Entrega do patrimônio do povo Brasileiro para 
empresas e organizações internacionais como Petrobras, Saúde Pública, Produção e 
distribuição de energia, exploração e comércio de reservas minerais e privatização das águas.

Não tenha medo. Reclame sim, porém resista e lute. Contra o autoritarismo a liberdade. 
Para garantir a vida autodefesa.
Todo preso é um preso político. Paz é justiça social e liberdade.

Colaborador: Florentino de Carvalho.

https://ligarj.wordpress.com/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt