(pt) SINDIVÁRIOS ARAXÁ: Contra a coação e o assédio moral praticado por patrões políticos.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018 - 08:40:18 CEST


Não apoiamos nenhum candidato ou partido, estamos contra o sistema eleitoral. ---- 
Reivindicamos a ação direta como forma de chegar até às conquistas sociais de direito, nós 
devemos estar organizados, sem vincular jamais nossa resistência a qualquer partido 
político. O sindicalismo deve ser independente de qualquer outro interesse que não seja o 
interesse direto de trabalhadores e trabalhadoras. Observamos com apreensão a presença e o 
apoio de patrões políticos nas eleições, não que isso modifique algo na relação entre 
poder do Estado e das patronais, mas porque isso representa coação e assédio moral sobre 
trabalhadores e trabalhadoras, eles expõe uma visão liberal que beneficia eles (patrões), 
sem explicar e mesmo perseguido aqueles que defendem os direitos sociais e laborais. 
Qualquer trabalhador ou trabalhadora mais esclarecidoa vai defender seus direitos e 
questionar o poder das patronais, esse trabalhador será logo chamado de esquerdista, mesmo 
que não seja, mesmo que seja apenas um trabalhador ciente de seus direitos. Esse efeito de 
manada e exclusão dos que questionam é muito perigoso, tornam o "puxa saco" e os 
"fura-greves" em policiais dos locais de trabalho, exclue e marginaliza os que pensam e 
suas respectivas possíveis seções sindicais. Transformaram o "puxa saco" em qualidade e o 
explorador em herói. Não aceitamos essas práticas e condenamos todo assédio moral 
camuflado praticado em favor de determinadas ideias de liberalismo e repressão ao 
movimento social. O patrão não é seu amigo, o político não é seu amigo, a classe 
trabalhadora é uma só, e só depende das suas forças organizadas, sem parasitas e sem 
exploradores.  Os sindicatos oficiais se calam, principalmente o de comerciários, são 
pelegos aliados dos patrões. Não aceitamos esse novo voto de cabresto, afirmamos para 
nossos companheiros e companheiras: não vote ou vote nulo, organize-se por seus direitos 
sem esperar nada dos exploradores. Eles estão a cada dia mais ricos, nós sobrevivemos com 
mais dificuldades a cada dia. Defendemos direitos sociais e laborais, enquanto existir 
Estado e capitalismo devemos exigir e não aceitar os salários miseráveis pagos. Para que 
tenhamos uma vida digna, com bem-estar social e liberdade, precisamos defender o nosso 
lado - o lado da classe trabalhadora, em oposição aos patrões, que jamais serão nossos 
aliados, eles vivem bem graças ao nosso suor. Nós não dependemos dos patrões, a classe 
trabalhadora produz toda riqueza, e nada mais justo do que exigir nossa produção. 
Consideramos a propaganda eleitoral das patronais como assédio moral, uma grande rede 
expõe seus trabalhadores enquanto o patrão faz propaganda eleitoral pra determinado 
candidato, está configurado o assedio moral, que mesmo que seja difícil levar a justiça 
burguesa, está nítido o abuso. Sabemos que qualquer voz que saia do imposto pelo patrão 
será perseguida e demitida. Por isso denunciamos o abuso, denunciamos a coação praticada e 
somos solidários aos trabalhadores e trabalhadoras constrangidos em imagens de propaganda 
do circo eleitoral ou mesmo a propaganda em locais de trabalho. Forme uma seção sindical 
independente sem causar alarde, organizemos a mínima resistência contra todos os abusos 
praticados pelos exploradores.

Contra o assédio moral e a coação em locais de trabalho!

Sindivários Araxá.
Organização anarcossindical independente. Por resistência econômica e  liberdade.

http://sindivariosaraxa.blogspot.com/2018/10/contra-coacao-e-o-assedio-moral.html


Mais informações acerca da lista A-infos-pt