(pt) [Espanha] A CNT catalã-balear diante de uma possível "Parada do País" By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 7 de Outubro de 2018 - 07:40:39 CEST


Ante as informações que apontam para uma possível "Parada do País" no âmbito das 
reivindicações em torno do primeiro aniversário dos acontecimentos de outubro de 2017, a 
CNT da Catalunha e Ilhas Baleares quer expressar que frontalmente se opõe a qualquer coisa 
que não seja uma Greve Geral com conteúdos e propósitos que indicam, clara e 
indubitavelmente, a melhoria das condições de trabalho e de vida da classe trabalhadora.
Faz um ano, a CNT, junto com outros sindicatos alternativos, fizemos uma chamada para a 
greve geral em 3 de outubro, com uma pauta reivindicativa de melhoria das condições de 
trabalho e com uma clara intenção de protestar contra a repressão sofrida pelas mãos do 
Estado Espanhol em 1º de outubro, no âmbito do Referendo. Esta cobertura legal que dá a 
chamada para uma greve geral, infelizmente, foi usado pela ANC, Òmnium, ERC, PdeCat, 
Patronais Catalãs, CCOO e UGT para distorcer seu significado e espalhar a ideia de "Parada 
do País", eliminando qualquer reclamação obreira para a futura nova República Catalã, e 
ainda tiveram a cara de pau de espalhar tanto nos meios de comunicações como nos locais de 
trabalho que não era uma greve, mas uma "Parada do País", e teriam que recuperar as horas 
perdidas depois.

E é por isso que, para que esse fato não aconteça novamente, porque não gostamos de ser 
usados como se fôssemos fantoches, que queremos afirmar que:

1. A CNT catalã-balear luta pela melhoria das condições da classe trabalhadora. Não chama 
atos interclassistas com a patronal.

2. A CNT catalã-balear só convocará uma greve geral isoladamente ou em conjunto com outras 
organizações sindicais, se isso inclui (entre outros) em sua pauta reivindicativa estes 10 
pontos: 
https://lasoli.cnt.cat/11/04/2018/posicionamiento-de-la-cnt-catalano-balear-ante-actual-situacion-político-a-catalunya/

3. Em nenhum caso apoiaremos qualquer coisa que não contemple agora e aqui a reivindicação 
de melhoria das condições de trabalho, seja para a futura República ou para o estado atual 
das coisas. Se almejam fazer uma república, podem começar a fazer isso agora. Não precisam 
de autorizações da Espanha ou de qualquer outra se realmente quiserem superar o atual 
quadro mental e deixar claro que estamos caminhando para uma realidade diferente.

4. A CNT catalã-balear está aberta para discutir qualquer questão em torno dos pontos 
acima com qualquer sindicato ou entidade política para aproximar posições.

5. A CNT catalã-balear promoverá e priorizará sempre a organização popular de base fora 
das instituições e dos partidos parlamentares.

6. A CNT catalã-balear tem como finalidade o Comunismo Libertário.

Terça-feira, 25 de setembro. Olot, La Garrotxa.

Secretaria Permanente da CNT Catalunha e Ilhas Baleares.

Fonte: 
https://lasoli.cnt.cat/25/09/2018/la-cnt-catalano-balear-davant-una-possible-aturada-de-pais/

Tradução > Liberto

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/09/22/espanha-a-cnt-ante-o-1-o-frente-a-repressao-defender-os-direitos-e-as-liberdades/

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt