(pt) [São Paulo-SP]Convite | Palestra sobre "Feminismo no Punk e Anarco Feminismo, origens no Brasil", By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 28 de Julho de 2018 - 07:50:25 CEST


Quando: 27 de julho, sexta-feira, a partir das 18 horas | Onde: Good Vibrations (cozinha 
vegana, cerveja, arte, música), Avenida Lins de Vasconcelos, 2677, Vila Mariana, São 
Paulo. ---- Apresentação ---- "A consciência do passado é constitutiva da existência 
histórica. O homem tem realmente um passado a que ele tem consciência, pois só esta 
consciência introduz a possibilidade do diálogo e da escolha. Caso contrário, os 
indivíduos e as sociedades trariam consigo um passado que eles ignoram, que eles se 
submetem passivamente... Então eles não teriam consciência do que eles são e do que foram, 
eles não compreenderiam a dimensão da própria história." (Raymond Aron, filósofo e 
sociólogo francês) ---- Essa palestra não tem a presunção de fazer uma análise completa 
sobre o anarcofeminismo e sobre o feminismo no punk, mas expõe um recorte temporal, de 
fins dos anos 80 até meados dos 2000. Considero interessante expor uma época de 
ressurgimento do feminismo e dos movimentos sociais após-final da ditadura e como ele se 
inseriu em movimentos contraculturais e anarquista no Brasil. Não é a totalidade da 
questão, pois para isso seria necessário uma pesquisa histórica mais profunda e extensa. 
Mas creio que seja importante compartilhar saberes, memórias e experiências com as novas 
gerações que vieram depois de mim. Porque não basta estarmos cientes do nosso presente, a 
consciência do passado nos torna consciente de quanto avançamos, quais os desafios que 
temos e assim podermos projetarmos um futuro.

Eu, Maria Helena, a palestrante, já meio jurássica, vivo e participo do movimento punk e 
anarquista desde 1988, participei desde o começo do MAP/SP (Movimento Anarco Punk), em 
1990. Fiz parte de diversos coletivos de mulheres, como o CAF (Coletivo Anarco Feminista), 
Rede Obirin Onijá e GRML (Grito de Revolta das Mulheres Libertárias). Mãe, trabalhadora na 
área da saúde, fiz História por dois anos na USP (Universidade de São Paulo), desisti e 
atualmente curso Serviço Social, e espero ter mais suporte e base para atuar juntos aos 
movimentos sociais e de mulheres. Também estou sempre fazendo uns eventos contraculturais 
em SP e no interior, ataco de DJ de vez em quando. Correrias mil, e estamos aí para o que 
der e vier!

FB: https://www.facebook.com/events/2227348240883200/?active_tab=about

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/07/15/uma-historia-oral-do-anarcopunk-em-sao-paulo-parte-1/

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt