(pt) [EUA] Bloquear A Máquina de Deportação By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 6 de Julho de 2018 - 06:19:10 CEST


As deportações ocorrem no Aeroporto Internacional de Gary (Chicago). ---- Todas as 
sextas-feiras pela manhã, os imigrantes que são presos nos estados de Wisconsin, Indiana, 
Kentucky, Kansas, Missouri e Illinois, incluídos muitos de Chicago, são transladados desde 
os centros de detenção e deportados desde o aeroporto internacional de Gary (Chicago). Os 
voos de deportação que saem de Gary param em Kansas City para recolher mais deportados 
antes de deixá-los na fronteira entre Estados Unidos e México. Mais de 19.000 pessoas 
foram expulsas de Gary na última década. Os protestos e vigílias pacíficas e fortemente 
controladas do aeroporto, desencadeadas pelas eleições de Trump, estão sendo absorvidas 
rapidamente pela máquina de deportação como parte de seu funcionamento normal.

ICE está se tornando mais agressiva e quer mais infraestrutura para deter e deportar mais 
pessoas.

A ICE (Imigração e Fiscalização Aduaneira) esteve realizando incursões massivas em locais 
de trabalho em todo o país pela primeira vez desde 2008, inclusive na região de Chicago. A 
ICE realiza batidas regulares em Back of the Yards e La Villita que raramente recebem 
cobertura da mídia: ao menos cinco batidas foram realizadas nesses bairros nos últimos 
oito meses. Em 24 de abril, a ICE prendeu oito pessoas em Highland, Indiana, e outras 
dezoito em Plainfield, Indiana. Em princípios de abril, agentes da ICE fizeram uma 
incursão em uma fábrica empacotadora de carne na zona rural do Tennessee e prenderam 97 
pessoas. Nas montanhas do oeste da Carolina do Norte, a ICE realizou uma semana de batidas 
que começaram em 14 de abril, durante as quais prenderam 20 pessoas. Em Ohio, agentes da 
ICE prenderam 146 pessoas em una batida massiva em 19 de junho.

A infraestrutura existente de detenção e deportação na região não é suficiente para as 
incursões e prisões da ICE que aumentam rapidamente. O projeto de lei federal de gastos 
Omnibus[orçamento dos EUA], promulgado em março de 2018, proporcionou $370 milhões a mais 
ao ICE para detenção de imigrantes que o ano passado para ser utilizado conforme convenha 
ao ICE, e poderia usar-se para agregar milhares de camas de detenção. Os fundos 
correspondem a uma média diária de 40,520 imigrantes detidos, o que representa um aumento 
de 1,196 pessoas detidas em um dia determinado a partir do financiamento de 2017.

Apesar das recentes vitórias contra os centros de detenção de imigrantes na região, a 
motivação que impulsionou os centros de detenção passados permanece. A ICE esteve tratando 
de construir um centro de detenção próximo de Chicago desde 2012. Os organizadores no 
norte de Indiana, Illinois e Chicago pararam planos para centros de detenção em diferentes 
lugares da região, mas estão planejando mais centros de detenção em Hopkin's Park, 
Illinois, no condado de Calhoun, em Michigan, e no condado de Newton, Indiana. Agora, a 
luta para deter as deportações desde o Aeroporto Internacional de Gary (Chicago) enfrenta 
uma vigilância policial cada vez mais intensa.

ICE depende da infraestrutura física para funcionar.

Este é um chamado para se organizar, para interromper as operações da máquina de 
deportação. Apelar aos legisladores e políticos pela reforma é um caminho sem saída que 
nos seduz no jogo de lutar por uma inclusão na sociedade que requer a exclusão de outros. 
A redução do genocídio dos migrantes a batalha legislativa para salvar a DACA - uma 
política que define a alguns imigrantes como merecedores de cidadania e outros que não o 
merecem - é chave para esconder a violência cotidiana que faz a máquina de deportação.

Ao mudar nosso enfoque da política à infraestrutura - as instalações de detenção para 
crianças, os estacionamentos onde a ICE aloja seus veículos, as instalações de capacitação 
da ICE, os centros de detenção, os aeroportos, os negócios construídos pelos centros de 
detenção e os que fazem os uniformes - podemos realmente interromper a máquina. A forma em 
que se tem organizado estas atividades logísticas pretende ocultar estas operações 
massivas a plena vista. Estes não são só centros de detenção longínquos, também são 
circuitos integrados no tecido de nossas cidades.

Lutemos de uma maneira que ameace diretamente o poder da ICE.

Organize-se contra a infraestrutura física que a ICE utiliza para realizar sua violência 
de Estado terrorista.

A aplicação da lei de imigração não é mais que um mecanismo de exploração e racismo.

Façamos o impossível para detê-la.

Fonte: 
https://itsgoingdown.org/blockade-the-deportation-machine-bloquear-la-maquina-deportiva/

Tradução > Sol de Abril

>> Nota:

A foto em destaque: Anarquistas bloquearam e montaram um acampamento em torno do prédio da 
ICE (Imigração e Fiscalização Aduaneira) em Portland, como um protesto contra a separação 
de famílias migrantes na fronteira e a política de ‘tolerância zero' a imigrantes ilegais 
do governo Trump. Os funcionários não voltaram a trabalhar no prédio desde que os 
manifestantes causaram o fechamento do mesmo há uma semana.

agência de notícias anarquistas-ana


Mais informações acerca da lista A-infos-pt