(pt) organizacao de base (MOB): [PARANÁ] Respeito e Moradia Digna às Ocupações do CIC!,por Movimento de Organização de Base

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 15 de Dezembro de 2018 - 07:08:04 CET


Nesta sexta-feira (07/12/18), mais de 300 casas da ocupação urbana 29 de Março foram 
atingidas por um incêndio provocado pela Polícia Militar. No local sobram destroços e 
indignação. ---- Os relatos de moradoras e moradores descrevem uma ação violenta e abusiva 
por parte da PM, em retaliação à morte de um policial. Com os rostos cobertos e sem a 
identificação na farda, a PM invadiu e revirou casas, sem mandado. Famílias foram 
acordadas de madrugada, revistadas de maneira ilegal e imoral, e ameaçadas no caso de não 
encontrarem o paradeiro da pessoa que supostamente matou o policial. Informações dão conta 
que a pessoa tentou duas vezes se entregar, o que parecia não ser o suficiente para o 
braço armado do Estado.
Em seguida, o fogo começou. Dentre as notícias que circulam sobre as mortes, duas se 
destacam por se tratarem de execuções: um rapaz que denunciou o início do fogo e foi morto 
a tiros dentro de casa; outro que foi levado pela PM e encontrado sem vida a quilômetros 
da ocupação. Os cartuchos no chão de balas, não só de borracha, revelam o uso de força 
letal contra os moradores. Houveram feridos no ataque, inclusive idosos. O incêndio 
provocado tirou a vida de muitos animais. Entre os moradores, há vítimas não confirmadas.

Mesmo com o terror que se instalava, a comunidade conseguiu resistir com a união entre 
moradores de todas as ocupações (Tiradentes, Nova Primavera, 29 de Março, Dona Cida) e o 
apoio de outras comunidades, movimentos e organizações. Estão no local várias pessoas e 
organizações que auxiliam na resistência e captação de itens básicos de sobrevivência.

Na entrada da comunidade, montou-se uma tenda para reunir as doações e improvisou-se uma 
cozinha comunitária, para alimentar a todas as mulheres, homens e crianças que ficaram sem 
ter como ou o que cozinhar.

Doações estão sendo coletadas em diversos pontos da cidade e região metropolitana 
(conforme descrito ao final deste link: https://bit.ly/2zOyxtI). São prioridade: comida 
(inclusive pronta), leite, fraldas e materiais de construção e água potável.

Devido à urgência da situação, a unidade de atendimento do CRAS Moradias Corbélia está 
aberta ao atendimento à população e recebimento de doações também neste sábado e domingo, 
das 8h às 17h. Na sexta-feira, as famílias desabrigadas foram direcionadas à escola 
municipal Doutor Hamilton. A partir de sábado, o acolhimento é feito pela ONG Anjos. São 
poucas as famílias, entretanto, que buscaram o abrigamento. A maior parte foi acolhida 
pelos próprios moradores, vizinhos que entendem que a dor de um é a de todos.
Todas e todos temem o retorno da PM, dizem não conseguir descansar nem dormir direito. Em 
meio à calamidade que se desenha, surpreende a falta de ação da Prefeitura de Curitiba e 
COHAB. Os escombros permanecem, com materiais em brasa e fumaça ainda presentes, 
aumentando a vulnerabilidade social das famílias e os riscos à saúde.

É necessária a limpeza do terreno imediatamente, a realocação das famílias para moradias 
adequadas e a regularização das ocupações, garantindo o direito à moradia. Esta luta vem 
sendo sendo feita por esta comunidade e outras comunidades há anos em meio a tantos 
contratempos pelo descaso e repressão do Poder Público.

É hora de muita união e solidariedade entre as comunidades e movimentos! Não podemos 
esquecer as atrocidades que aconteceram nesta comunidade! Moradia digna já!

https://organizacaodebase.wordpress.com/2018/12/09/parana-respeito-e-moradia-digna-as-ocupacoes-do-cic/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt