(pt) France, Alternative Libertaire AL #285 - Roman: Philippe Huet, «Le feu aux poudres» (en, fr, it)[traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 28 de Agosto de 2018 - 08:49:38 CEST


Troisième et dernier roman de sa trilogie sur les luttes ouvrières du Havre, Philippe Huet 
nous plonge cette fois dans l'ambiance électrique qui précède l'explosion sociale de 1936. 
---- Encontramos novamente o jornalista Louis Albert Fournier e a escritora Céline que já 
haviam passado antes quando ele era médico, sob o nome de Louis-Ferdinand Destouches. Mas 
é também o raivoso metalo de 1922, Victor Bailleuil, que se encontra no fogo com os pós. 
Ele agora trabalha na Bréguet, uma grande empresa de aviação, mantida com mão de ferro 
pela liga nacionalista da Croix de Feu. Nunca haverá nada acontecendo em Breguet, foi 
dito, nenhuma tradição de lutas, muita repressão do empregador ... E ainda, 
clandestinamente, a CGT reunida se infiltrou na empresa e pacientemente trabalha para a 
organização. da luta. Embora a gestão decidiu despedir dois trabalhadores que participaram 
do 1 st Em maio, a greve explode em solidariedade e toma um rumo especial quando se decide 
ocupar a fábrica ! Em particular a oficina de Breguet 730, protótipo de hidroavião, jóia 
da empresa.

Quanto aos dois romances anteriores, é difícil diferenciar entre o histórico e o 
ficcional, pois o autor é inspirado nos fatos e personagens da época. Por exemplo, Huet 
modelou o personagem de René Haudouin no romance sobre o de Louis Eudier, secretário do 
sindicato de metal da CGT, Le Havre, em 1936, e futuro deportado. É ele quem vai propor 
aos trabalhadores de Bréguet a idéia da ocupação e é esta fábrica que vai lançar em 11 de 
maio o tom original do movimento grevista de 1936.

Para terminar esta trilogia, o escritor parece ter tempo para desenvolver mais 
profundamente as histórias pessoais de seus heróis, histórias de amor entre outros. A luta 
trabalhista e sindical é menos proeminente do que nos Quays of Wrath e The Rioters (ver AL 
de janeiro de 2018). No entanto, continua a ser a espinha dorsal da história e do link que 
une todos os personagens. Além disso, Le Havre no fundo, seus bistrôs, seu porto, seus 
bairros da classe trabalhadora ... Huet novamente para fechar esta soberba trilogia 
histórica, informativa e explosiva. Para ler absolutamente !

Benjamin (AL Nantes)

O fogo com pós, Philippe Huet. Éditions Rivages. 352 páginas. 20 euros

http://www.alternativelibertaire.org/?Roman-Philippe-Huet-Le-feu-aux-poudres


Mais informações acerca da lista A-infos-pt