(pt) [Espanha] CGT se une à campanha em defesa da vida e da dignidade do Povo Mapuche By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 21 de Abril de 2018 - 09:23:26 CEST


Esta comunidade está há séculos resistindo às tentativas colonizadoras que pretendem 
acabar com sua cultura e suas tradições. Desde 2001, as violações dos direitos mais 
elementares do Povo Mapuche "aumentaram", enfatizam desde a organização 
anarcossindicalista. ---- A Confederação Geral do Trabalho (CGT) manifestou através de um 
comunicado seu "apoio e colaboração" com a campanha de chamado em defesa da vida, da 
dignidade e da justiça do Povo Mapuche. ---- Denunciam também que "no Estado chileno as 
forças policiais se converteram no braço armado de terratenentes e grandes empresas, cujo 
principal objetivo é converter em mercadoria a biodiversidade e a natureza". "Ademais - 
acrescentam -, o Estado do Chile se nega a dialogar com a população mapuche, acusando seus 
líderes de ‘terroristas'".

Neste sentido, e para conseguir seu objetivo, o Estado do Chile despojou dos direitos mais 
fundamentais a comunidade mapuche, leis sobre os povos indígenas que estão consagradas na 
Declaração das Nações Unidas e no Convênio 169 da OIT.

A organização anarcossindicalista explica que o governo do Chile "está levando a cabo 
montagens contra líderes e autoridades espirituais do Povo Mapuche com o objetivo de 
criminalizar sua luta, que não é outra que a recuperação e a proteção de seus territórios 
nos quais esta comunidade sempre viveu".

Na atualidade, e segundo a organização anarcossindicalista, "existem duas autoridades 
ancestrais perseguidas e acusadas de uns crimes que não cometeram, entre elas Celestino 
Córdova que se encontra em greve de fome há mais de 80 dias". "Outras pessoas, 
diretamente, foram assassinadas por defender os direitos e liberdades deste povo", sublinham.

A CGT argumenta que "os crimes contra o Povo Mapuche não podem nem devem ficar impunes" e 
determina que "é vital a difusão e colaboração com esta campanha de visibilização e 
sensibilização".

Fonte: 
http://arainfo.org/cgt-se-une-a-la-campana-en-defesa-de-la-vida-e-la-dignidad-del-pueblo-mapuche/


Mais informações acerca da lista A-infos-pt