(pt) [Espanha] Multitudinária manifestação pede a absolvição de Jorge e Pablo às vésperas do julgamento do "Não Caso" do 14N By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018 - 05:24:38 CEST


Mais de 3.000 pessoas participaram neste sábado (07/04) da manifestação convocada pela 
plataforma "Stop Represión" para pedir a absolvição de Jorge e Pablo após o "não caso do 
14N", cujo julgamento começará na próxima segunda-feira (09/04) e se prolongará até a 
quarta-feira (11/04). ---- Tal e como recordam desde a organização da manifestação, em 14 
de novembro de 2012, por causa da Greve Geral para protestar contra a reforma laboral e a 
perda de direitos da classe trabalhadora, "Jorge Merino e Pablo Alberdi participaram nesta 
jornada junto com seu sindicato (CNT)" e "ambos foram processados por uno fatos que não 
cometeram". ---- Desde então, "Jorge e Pablo são vítimas de uma montagem policial, 
vigiados e castigados por defender os direitos de todos os trabalhadores". Ambos são 
acusados de diferentes delitos ou causar desordens públicas, de atentado com meio 
perigoso, de lesões, de atentado a agentes da autoridade e de um delito de danos qualificados.

Ainda assim, para a organização "teria sido fácil comprovar com as declarações de Jorge e 
Pablo ao Juiz de Guarda que, por exemplo, Jorge estava trabalhando a 50 quilômetros do 
lugar dos fatos e encontrar vídeos de vários testemunhos que contradizem o atestado, e 
exoneram a Pablo das acusações e assinalam a nefasta atuação policial".

Apesar disso, "depois de mais de cinco anos", a próxima semana se celebrará o julgamento 
para ambos e "Stop Represión" quis voltar a sair à rua para mostrar "sua solidariedade" 
com Jorge e Pablo e recordar-lhes "que não estão sós".

Atrás de uma faixa na qual se podia ler "Não há caso. Pablo e Jorge, Absolvição", os 
participantes, entre os quais se encontravam familiares, amigos e membros de coletivos de 
diferentes partes da Espanha, quiseram acompanhar os dois processados em uma marcha que 
começou na Glorieta do Doctor Zubía e foi até o Espolón.

Durante a marcha, os participantes gritaram lemas como "Se tocam a um, tocam a todos", 
"Pablo e Jorge, liberdade", "A força do trabalhador, a solidariedade", "Alberto Bretón, 
demissão" ou "Basta já de montagens policiais".

Um dos porta-vozes da plataforma "Stop Represión", Israel Rodríguez, assegurou que "com 
esta marcha queremos transmitir a Jorge e Pablo nosso carinho e calor para que tenham em 
conta durante estes três dias de julgamento. Eles estão vendo duas faces da mesma moeda, 
por um lado, cinco anos de condenação prévia mas com toda a solidariedade que estão vendo 
estão carregando as baterias para enfrentar estes dias".

> Galeria de imagens da manifestação:

https://www.elsaltodiario.com/14n/fotogaleria-de-la-manifestacion-en-apoyo-a-jorge-y-pablo-#swipebox

Tradução > Sol de Abril


Mais informações acerca da lista A-infos-pt