(pt) coletivo compa: NOTA PÚBLICA DE APOIO À COLETIVA MARIPOSAS

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 29 de Março de 2016 - 11:21:14 CEST


O Coletivo Mineiro Popular Anarquista (COMPA) vem nesse momento manifestar seu mais 
profundo respeito e concordância com a postura da Coletiva Feminista Mariposas¹ em relaçào 
ao episódio da filiaçào publica de Gladson Reis à UJS/PCdoB. ---- É no mínimo 
contraditório que uma organizaçào que diga defender a construçào de um outro projeto de 
sociedade que tenha por base o enfrentamento das opressões contra as mulheres como um dos 
pilares comemore publicamente a filiaçào de um indivíduo como Gladson Reis. ---- É sabido 
que entre o discurso de Gladson Reis e sua prática cotidiana há um abismo de tal modo 
profundo que resultou em sua expulsào do Partido Comunista Revolucionário (PCR), como pode 
ser visto com maiores detalhes na nota publica emitida pelo coletivo de mulheres Olga 
Benário².

Consideramos legitimas as solicitações do Coletivo de Mulheres Olga Benário e reiteradas 
pela Coletiva Mariposas. A recente divulgaçào da filiaçào de Gladson Reis às fileiras da 
UJS/ PCdoB manifesta a inobservância das solicitações citadas acima e proporcionará que 
ele permaneça ativo nos espaços de construçào política e social. Enquanto isso, as 
mulheres acabam, na maioria das vezes se ausentando destes espaços em razào dos fatos 
pregressos, da insegurança e da hostilidade manifestadas por esse tipo de atitude.

Realizar a análise de tal caso e remeter sua soluçào apenas ante as instituições do estado 
democrático de direito demonstra a mais completa insensibilidade à profundidade da 
opressào de gênero em nossa sociedade. Esta saída indica um punitivismo distante do mundo 
que queremos – ainda que por vezes a recorrência a ele seja uma necessidade, por que 
desconfia da palavra manifesta das mulheres atingidas, por que nào vislumbra que o 
indicativo para uma transformaçào pessoal fora indicada mas, tristemente ignorada pelo 
referido homem.

Por fim, o COMPA permanecerá firme e em concordância com os princípios históricos e 
ideológicos do socialismo libertário, do qual a luta contra a opressào machista é um dos 
pilares inalienáveis. Traduziremos nossa ideologia na luta para que em quaisquer lugares 
onde estejam militantes de nosso coletivo, as mulheres, independente de sua vertente 
política, sejam respeitadas e que a única tensào aceitável seja aquela própria dos 
processos políticos, mas jamais de algum tipo de opressào.

Arriba las que luchan!

¹ Link da nota da Coletiva Mariposas:
https://www.facebook.com/coletivamariposas/photos/a.499133446954659.1073741828.498812950320042/499132636954740/?type=3

² Link da nota do Movimento Olga Benário:
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=362573107246323&id=242318102605158&_&__mref=message_bubble

http://www.coletivocompa.org/2016/03/nota-publica-de-apoio-coletiva-mariposas.html


More information about the A-infos-pt mailing list