(pt) [Grécia] Comunicado do Encontro Luta Anarquista By A.N.A.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quarta-Feira, 27 de Julho de 2016 - 12:24:29 CEST


Comunicado do Encontro Luta Anarquista sobre o término dos 10 dias de mobilizações de 
solidariedade a refugiados e imigrantes e da ocupação da faculdade de filosofia da APT 
[Universidade Aristotélica de Tessalônica]. ---- Como dissemos na convocatória política 
como Organização Política Anarquista: “No âmbito desse nosso direcionamento, nos dias de 
realização do No Border Camp em Tessalônica (15-24 de julho de 2016), convocamos a 
mobilizações e teremos a responsabilidade política pelo funcionamento de um espaço na 
faculdade da APT, um espaço de fermentações, discussões e manifestações, de participação e 
criação de ações”. ---- Hoje 24 de julho fechou o ciclo de discussões, manifestações e 
mobilizações que convocamos no âmbito do Encontro Luta Anarquista. No prédio ocupado da 
faculdade de Filosofia nos encontramos com companheiros da Grécia e da Europa, criou-se um 
encontro Balcânico (com participação de companheiros e companheiras da Romênia, Hungria, 
Croácia, Eslovênia, Bulgária, Grécia) no âmbito da qual foram trocadas experiências e 
identificados pontos comuns em nossas lutas contra o regime de exploração e submissão, 
contra o fascismo e o racismo.

No âmbito do ASA [encontro luta anarquista] acompanhamos com grande interesse a 
manifestação-apresentação da Federação Anarquista da Eslovênia (FAO), organizamos 
evento-discussão com o tema “O mundo do Estado e dos patrões em total falência. A luta 
contra a Europa-Fortaleza, a guerra e o totalitarismo contemporâneo”, participamos nas 
mobilizações nos campos de concentração ao redor de Tessalônica, nas intervenções nos 
campos de concentração em Paranesti, Drama e em Xanti, na manifestação massiva de 
Tessalônica e na manifestação contra o Muro no rio Evros.

No âmbito dessas mobilizações mais amplas de solidariedade a refugiados e imigrantes 
provou-se a importância da discreta presença política e ação anarquista, tiramos 
conclusões úteis sobre o caráter de mobilizações internacionais e nos encontramos com 
refugiados e imigrantes em nossa luta conjunta contra as Fronteiras, a Guerra, e a 
Europa-Fortaleza.

A presença dos lutadores e lutadoras nas ruas, as manifestações e o caráter do espaço 
ocupado da faculdade de Filosofia deram resposta real à constante pressão do regime que, 
através da propaganda que a mídia transmitiu diariamente, tentou alvejar a luta de 
solidariedade a refugiados e imigrantes, tentou isolar e caluniar a luta contra a ditadura 
do Estado e do capital, nesse totalitarismo contemporâneo.

Nos retiramos do prédio da faculdade de filosofia tendo a nossa frente caminhos abertos 
para a continuação de nossa tentativa de aguçamento das resistências sociais e de classe. 
Tendo como base a convicção inabalada de que frente à barbaridade estatal e capitalista a 
única solução é a organização da luta e a Revolução Social, a Anarquia e o Comunismo 
Libertário.

Encontro Luta Anarquista, 24 de julho de 2016

Fonte:http://apo.squathost.com/%CE%B1%CE%BD%CE%B1%CE%BA%CE%BF%CE%AF%CE%BD%CF%89%CF%83%CE%B7-%CF%84%CE%B7%CF%82-%CE%B1%CE%BD%CE%B1%CF%81%CF%87%CE%B9%CE%BA%CE%AE%CF%82-%CF%83%CF%85%CE%BD%CE%AC%CE%BD%CF%84%CE%B7%CF%83%CE%B7%CF%82/

Tradução > Miguel Sulis


More information about the A-infos-pt mailing list