(pt) Colômbia, Vídeo: Fracking, nova ameaça para o povo indígena Barí

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 13 de Setembro de 2015 - 19:48:39 CEST


Durante este mês de agosto comemoraram-se o dia da Pachamama e o dia internacional dos 
povos indígenas, comemorações que além de uma data no calendário, distanciam-se muito de 
ser reconhecimentos reais ao uso da terra e à realidade indígena colombiana. Este é o caso 
do povo indígena Barí, um dos 90 povos indígenas da Colômbia que conseguiram manter 
intacta sua cultura, tradição e língua apesar das agressões que tiveram que sofrer desde a 
chegada dos espanhóis até a atualidade. ---- Historicamente habitaram o vale do rio 
Catatumbo, localizado no departamento do Norte de Santander e a fronteira com a Venezuela, 
território que se caracteriza ademais por possuir boa parte das reservas petrolíferas da 
Colômbia, assim como carvão e abundante recurso hídrico. Atualmente, o povo Barí está 
composto por 23 comunidades e 417 famílias assentadas em cinco municípios: o Carmen, 
Convención, Teorama, o Tarra e Tibú, região conhecida como o Catatumbo Colombiano.

Apesar de ser um povo pacífico que por cosmovisão se relaciona harmonicamente com a 
natureza, teve que recorrer ao confronto para defender seu território, inicialmente, na 
época da conquista e colônia enfrentaram-se com o homem branco que vinha da Europa, mais 
adiante, em princípios do século XX às companhias multinacionais petroleiras que 
violentaram a cultura e sítios sagrados do povo Barí. Afirmam os Barí que uma de suas 
cabanas foi queimada e pouco tempo depois chegou uma empresa para extrair petróleo neste 
lugar.

Na década de 2000 a comunidade indígena Barí resistiu a maior arremetida paramilitar na 
história da Colômbia, asseguram que seu território e inclusive suas próprias casas foram 
usadas como bases paramilitares por mais de seis anos.

Hoje prepara-se para enfrentar uma nova ameaça, o fracking ou fraturação hidráulica, 
técnica de exploração de óleo não convencional proibida em países como França, Canadá e o 
estado de New York nos Estados Unidos pelos desastres ambientais e múltiplas enfermidades 
que produzem à população, mas, paradoxalmente para o governo Colombiano e Ecopetrol, o 
fracking é a técnica que se deve usar. Desta maneira asseguram que se opõem a esta 
questionável técnica e que desde já se preparam para enfrentar esta nova ameaça.

Vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=MohOtXoqDO4


More information about the A-infos-pt mailing list