(pt) Campanha de crowdfunding visa arrecadar fundos para criar Centro Social Libertário em Cuba (cca, en, fr)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 7 de Setembro de 2015 - 13:19:37 CEST


Comunicado: ---- As fronteiras estão se abrindo depois de muitos anos, e as mudanças em 
Cuba auguram novas possibilidades e perigos para a sociedade cubana. Se torna 
imprescindível, pois, reforçar o trabalho de quem desde Cuba defende um olhar crítico, 
anticapitalista e antiautoritário ao sistema-mundo, o mesmo que cada dia se expressa com 
mais clareza na vida nacional. ---- Depois de mais de uma década de ativismo social e 
político no Observatório Crítico Cubano, e cinco anos de trabalho como parte do Taller 
Libertario Alfredo López (TLAL), pudemos identificar como principal dificuldade para nosso 
desempenho e a ampliação de nosso impacto social, a carência de uma sede fixa, que nos 
permita construir comunidade e configurar nossa identidade de maneira mais sólida e duradoura.

Quem somos?

O TLAL é um coletivo especificamente anarquista, que tem mantido uma atividade sistemática 
nos últimos anos, radicalizando suas propostas e mantendo uma ancoragem firme na sociedade 
cubana e suas comunidades. Temos conseguido em curto tempo estabelecer anualmente as 
Jornadas Primavera Libertária de Havana, onde buscamos fazer confluir o pensamento e a 
ação anarquista ou libertária na ilha. Ademais, emitimos um modesto periódico em versão 
impressa,¡Tierra Nueva!, com o que tentamos não sem dificuldades fazer chegar nosso olhar 
contestatório às pessoas comum, essa que é maioria e não tem acesso a Internet em Cuba, 
assim como também promover o ideal libertário, anarcossindicalista, e naturista, presente 
na história do país antes do triunfo insurrecional de 1959, e cujo impacto pulsa escondido 
nos interstícios da Cuba de hoje.

Por outro lado, um dos principais empenhos organizativos em que nos empenhamos tem sido a 
fundação em março deste ano, junto a outros compas da região, da Federación Anarquista de 
Centroamérica e o Caribe, rede que contêm uma grande potencialidade de expansão e 
desenvolvimento.

Manter este ritmo de projetos e ações requer de um espaço físico onde poder confluir, 
ensaiar na prática mostras de solidariedade, cooperativismo, horizontalidade, 
auto-organização, e autonomia.

Quê buscamos?

Dada a impossibilidade em Cuba de alugar um local, a opção que propomos é comprar um 
imóvel, casa ou apartamento, para fundar nosso Centro Social e Biblioteca Libertária.

Ademais de ser sede permanente do Taller Libertario Alfredo López, para celebrar reuniões 
de trabalho e outras atividades, o local acolherá uma Biblioteca Libertária. Esta será 
formada com os materiais que durante anos temos acumulado, produto de doações nacionais, 
internacionais, ou compras pessoais. Se incluirá todo tipo de publicações físicas ou 
digitais, tanto periódicas como únicas, discos compactos (CD-ROM) e DVD, filmes, áudio, 
etc. Se privilegiará aqueles referidos direta ou indiretamente com o anarquismo, mas 
também estarão presentes outros tópicos relacionados com as lutas sociais ao longo da 
história, desde qualquer perspectiva política ou área de criação.

Por outro lado, no espaço se desenvolverão ações próprias de um Centro Social: palestras, 
eventos, reuniões, comidas coletivas, apresentações de textos, festas, vídeo-debates, 
encontros com visitantes estrangeiros ou nacionais de outras províncias, concertos, 
leituras, exposições, atividades produtivas, entre outras.

Quanto necessitamos?

Para a compra do local necessitamos no total 12.000 euros. Não obstante, em nossa recente 
visita à França e Espanha, graças à solidariedade de compas libertários, conseguimos 
coletar algo mais de 1.000 euros. É por isso que, para o presente crowdfunding, estamos 
solicitando contribuições para chegar aos EUR 11.000 (onze mil euros).

Por quê pedimos?

Porque não recebemos financiamento de nenhum Estado, instituição oficial, ou ONG. Tampouco 
desejamos recebê-la, a fim de garantir nossa total independência e não subordinação a 
agenda externa alguma. Em ocasiões temos recebido doações de coletivos e pessoas afins a 
nossos princípios, de maneira desinteressada e incondicional. Tampouco nossas práticas 
geram lucro de nenhum tipo, muito pelo contrário. É sabido, ademais, que com o salário 
médio dos cubanos (20 USD mensais), é impossível cobrir o altíssimo custo de uma moradia 
em Cuba, que nenhum trabalhador honrado, sem explorar o trabalho de outros, pode custear.

Quem receberá o benefício direto do trabalho do Centro Social e Biblioteca Libertária?

Primeiramente, a totalidade dos que integram o TLAL, e que trabalham sem nenhuma 
remuneração nesse espaço, entre eles, as pessoas que viverão ali diretamente, e cuidarão 
do local.

Fora do TLAL, é a comunidade quem primeiro perceberá os benefícios, dado que pretendemos 
estabelecer vínculos com esta, e pôr nosso espaço a sua disposição. Não entendemos 
possível um projeto deste tipo, desligado de sua vizinhança mais imediata, e as pessoas 
que o rodeiam.

Também os projetos vinculados ao Observatório Crítico Cubano, nos quais nos mantemos 
participando, terão um espaço seguro nesta sede, para consolidar ainda mais seus trabalhos.

Por outra parte, estudantes e pesquisadores cubanos e internacionais terão sobretudo na 
Biblioteca uma fonte única e valiosíssima de informação.

No mais pode-se dizer que tanto os visitantes libertários e anticapitalistas que cheguem à 
ilha, como outras pessoas necessitadas de solidariedade, terão lugar em nosso Centro.

Quê daremos em troca aos contribuintes?

Não temos muito material que dar em troca, mas sim nossa gratidão e boa vibração. Claro, 
os e as doadores(as) disporão de um espaço em nosso local em Cuba e acesso a todos os 
serviços do centro.

Ademais, se permitirem, incluiremos seus correios eletrônicos em nossa lista de 
distribuição, de modo que possam receber o periódico libertário cubano ¡Tierra Nueva!

Para quem deseje tornar públicos seus nomes, teremos uma lista de agradecimentos em nossa 
web com aquelas pessoas que colaboraram em materializar este empenho.

Faremos chegar a cada contribuinte um informe pormenorizado do uso que se deu aos fundos 
coletados.

Sua colaboração é decisiva, se queremos promover o ideal anticapitalista e libertário em 
Cuba e no Caribe.

Mais infos:

http://www.gofundme.com/gg2wrcac

Tradução > Sol de Abril

Conteúdo relacionado:

http://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/07/10/culmina-encontro-de-anarquistas-em-cuba/

http://www.gofundme.com/gg2wrcac


More information about the A-infos-pt mailing list