(pt) France, Coordenação de Grupos Anarquistas Montpellier - Rally: Refugiados Bem-vindo - Bem-vindo ao seus todos-os migrantes. As fronteiras abertas para todos - Outro Futuro (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 1 de Outubro de 2015 - 11:35:01 CEST


Rally no plano de cabanes sábado 3 de outubro às 14h ---- Depois de anos de perto de 
indiferença para com os migrantes morreram tentando atravessar o Mediterrâneo está 
finalmente reagir. As respostas dos Estados europeus sobre refugiados-es de boas-vindas 
continuam dominadas por criminalizar um cofre e abordagem, a chegada dos imigrantes 
continua a ser colocada como um problema. Embora quase todos os olhos estão focados no 
anúncio de hospedagem de 120.000 refugiados es, as pessoas que conseguem entrar na Europa 
e aqueles, mais numerosos, que permanecem bloqueadas as suas portas, continuam a sofrer 
tragédias e humilhações. ---- A União Europeia eo Estado francês conduzir as políticas 
imperialistas e repressivas. Há, na África e no Oriente Médio, eles organizar a pilhagem 
da riqueza, arruinando as economias locais, incluindo alimentos e servir os seus 
interesses económicos e estratégicos, despertar guerras, bombardeiam cidades e aldeias, 
braço ditaduras, forçando populações para o exílio. Aqui, eles fecham suas fronteiras, os 
migrantes rastrear, prendê-los, expulsá-los.

Estes são os exploradores e seu relé na cabeça dos estados que criam miséria no país e no 
estrangeiro. Eles que incentivar a livre circulação de capitais, mas proibir a livre 
circulação de pessoas. Eles que, depois de forçar centenas de milhares de pessoas a fugir, 
condená-los para passear, para morrer afogado, eletrocutado, sempre mais endurecer suas 
políticas migratórias. Eles, que delibera após ato, transformar a violência do exílio no 
crime. Eles que, com a cumplicidade dos grandes meios de comunicação, procuram quebrar a 
solidariedade em França e na Europa, designando os imigrantes como bodes expiatórios de 
uma precariedade generalizada de que precisávamos para enriquecer ainda mais a si mesmos.

Nós nos recusamos a triagem entre abjeta guerra refúgio-es "legítimo" e "migrantes 
económicos" indesejável. Tou-te-s são legítimas, tou-tes são vítimas da mesma lógica, a do 
lucro de uma one-es-tou em desafio de sua vida. Porque nenhum ser humano é ilegal, porque 
é os mesmos interesses que nos oprimem aqui, que matam lá, nós afirmamos nossa 
solidariedade com todos international-es-es explorados.

As fronteiras abertas!

Regularização de tudo estão em situação irregular!

Liberdade de circulação e de liquidação para todos!

Não distinguir entre refugiados e migrantes es-!

Abolição de leis que criminalizam os migrantes!

Primeiros signatários: Anarquista Coordenação Grupos 34, 34 CNT Educação Social de Saúde, 
Federação Anarquista 34 New Anti-Party 34, o Partido de Esquerda 34, a auto-es

http://www.c-g-a.org/content/rassemblement-refugees-welcome-bienvenue-tout-tes-les-migrant-es-ouverture-des-frontieres-po


More information about the A-infos-pt mailing list