(pt) France, Alternative Libertaire AL - político, Atentados bombistas em Paris: Contra suas guerras, nossas solidariedades (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 16 de Novembro de 2015 - 12:48:23 CET


"Após esses ataques, vamos testemunhar uma explosão seguro mantida por forças políticas 
que navegam contra nossos medos para montar outro. " ---- Uma onda de ataques mortais 
tiveram lugar ontem à noite em Paris e Saint-Denis. ---- O governo francês está a conduzir 
guerras em vários países (Líbia, Mali, Síria ...) para os anos. Estas guerras de hoje têm 
um impacto sobre o território francês. ---- Somos confrontados es aos ataques com o 
objetivo de espalhar o terror e para incitar divisões no seio da população. Libertaire 
alternativa condena estes ataques: matar pessoas aleatoriamente na rua e bater cegamente o 
único propósito de assustador é abjeta. ---- Estes ataques são obra de um movimento 
político - o jihadismo salafista - cujas primeiras vítimas são as populações civis do 
Oriente Médio e, nos últimos dias, já atingiu Beirute. Esse mesmo movimento político que 
continua a travar uma guerra contra as forças progressistas curdos na Síria.

Na sequência destes ataques, vamos testemunhar uma explosão seguro mantida por forças 
políticas que navegam medos contra nós para montar outro.

Na fase de França

Já, as pessoas de imigrante ea minoria muçulmana no país estão começando a ser afetada por 
declarações políticas e estão sujeitos a represálias indiscriminadas.

Não é uma repetição de dispositivos draconianos que irá impedir novos ataques. O estado de 
emergência é a suspensão de vários direitos democráticos, a legalização das medidas 
repressivas de grande escala no que diz respeito a várias camadas da população que não têm 
nada a ver com os ataques.

Rejeitamos o governo de aproveitar esta oportunidade para proibir mobilizações sindicais e 
ecologistas futuras.

Tudo isso levará a se dividir e reforçar medos e ódios. Tudo isso só vai levar a uma 
escalada entre ataques terroristas cada vez mais sangrentos e respostas de segurança cada 
vez mais repressivas. A resposta não é nem a retirada nem a militarização da sociedade.

A solução não virá daqueles que contribuíram para esta situação, as suas políticas 
militaristas, imperialista, discriminatório, de ódio. Eles usam isso para impor um estado 
policial cada vez mais e uma unidade nacional entre exploradores e explorados,-es que 
rejeitam e denunciam.

A solução exige o reforço da solidariedade, nos bairros e em nossos locais de trabalho, e 
através da consolidação de todos aqueles e todos aqueles que se recusam todos os regimes 
de terror. Não permaneça-es isoladas! Vamos nos reunir para discutir nossas 
responsabilidades para com a situação, em especial em termos de quotas de unidade de todas 
as forças de transformação social.

Libertaire Alternativa, 14 nov 2015

http://www.alternativelibertaire.org/?Attentats-de-Paris-Contre-leurs


More information about the A-infos-pt mailing list