(pt) France, Alternative Libertaire AL #247 - FAU (Uruguay): revolucionários nas lutas do coração (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Segunda-Feira, 2 de Março de 2015 - 09:12:10 CET


FAU é uma organização bem estabelecida em muitos sindicatos. Ilustração com Suatt, os 
táxis e as operadoras de telefonia. ---- Dez anos Ignacio e Alvaro são sindicalizados em 
Suatt (Sindicato Único de automoviles con Taxímetro Telefonistas y[1]), 10 anos cada um 
deles levar o mesmo táxi. ---- O SUATT leva muitas lutas por um salário baseado em oito 
horas por dia e não sobre a produtividade que leva os motoristas a dirigir por doze ou 
treze horas por dia para ter um salário decente. Mas o sindicato também está em campanha 
para estes aumentos salariais são pagas pelos empregadores, e não pelos usuários através 
de preços mais elevados. O transporte deve estar a serviço da população e, portanto, a 
preços acessíveis a todos. ---- Uma sociedade mudança contra a violência ---A insegurança 
é uma preocupação diária para os trabalhadores que se deslocam em todos os bairros em 
todas as horas do dia e da noite, às vezes com quantidades significativas: em Montevidéu, 
oito motoristas já foram assassinados. O alvo não engano Suatt, a violência é resultado de 
desemprego e injustiça social a ser respondida por uma mudança na sociedade e não por 
medidas chamadas de "seguro".

E todos os sindicatos no Uruguai, Suatt é afiliado com a única confederação sindical, 
PIT-CNT (Plenário Intersindical de Trabalhadores - Convención Nacional de 
Trabajadores)[2]. Desde a vitória da Frente Ampla[3], o PIT-CNT é a correia de transmissão 
do governo de "esquerda", como no Brasil desde a CUT a do PT.

No entanto, a criação de uma outra central sindical que consideram inadequado ou até mesmo 
"perigoso". Deve ser dito que, dez anos de trabalho de campo, o sindicalismo de base fez 
sua lista de anarco-sindicalista tem a maioria dos assentos no secretariado da união. 
Porque todas as vezes chamado de um pouco mais rápido "um sindicato", lá durante ambas as 
eleições internas da União e para aqueles de delegados nas empresas, várias listas, 
orientações e diversas práticas sindicais.

Uma das cadeiras do escritório do sindicato é ocupado por um operadoras de telefonia 
camarada, que não foi uma conclusão precipitada! Todos os taxistas empregados ou possuem 
seus veículos são do sexo masculino, todos os operadores do sexo feminino. Além salário 
desigualdade ancestral, função, o progresso, etc., entre homens e mulheres, é enxertado 
nesta área que os operadores são "escritório quente" com o chefe. Eles foram percebidos 
pelos motoristas como "colaboradores" para os chefes do serviço, tornando nunca greve e 
uma taxa nula de sindicalização.

Uma pedagogia feroz com os operadores, mas também dos motoristas foi necessário para uma 
consciência de classe pode ocorrer e uma mulher a ser eleita para a secretaria.

Dentro do PIT-CNT, a parte Suatt da Unión Nacional de Trabajadores del Transporte y 
Obreros[4] (Unott), que, por vezes, faz com que as ações comuns a todos os trabalhadores 
de transporte, mas em uma linha bastante moderada. O Suatt não é a única união onde os 
membros da FAU ter alguma influência; esta não é uma união anarco-sindicalista; mas 
ilustra diariamente por suas demandas, suas lutas e sua propaganda, uma das frentes 
através das quais a FAU libertário pode pesar no movimento social uruguaia de hoje.

Abóbora (Playa Verde)

[1] do sindicato único de carros com o taxímetro ("Taxi") e as operadoras de telefonia.

[2] Inter Plenária dos Trabalhadores - Convenção Nacional de Trabalhadores. Seu nome atual 
vem de uma parte da Convenção Nacional dos Trabalhadores (CNT), fundada em 1964 e banido 
após o golpe de 27 de Junho de 1973, por outro lado, do Inter Plenária dos Trabalhadores 
(PIT), criado em 1982, quando a junta militar deu uma relativa liberalização do regime. Em 
1 de Maio de 1984, a Confederação retomou seu nome original CNT, sem abandonar o PIT 
sigla. O PIT-CNT agora tem 64 federações sindicais, com 200.000 es afiliadas.

[3] A Frente Ampla (Frente Amplio em espanhol) é um movimento político uruguaio fundada em 
1971, que reúne o Partido Democrata Cristão eo Partido Comunista no Movimento 
Revolucionário Oriente (MRO). Ele logo foi acompanhado pelo Movimento 26 de março, fundada 
pelo Tupamaros. Claro, ele foi proibido durante a ditadura. Após o enorme sucesso de 2004, 
o que levou à presidência Tabaré Vázquez, a Frente Ampla tem voltou a vencer as eleições 
de 2009 (Pepe Mujica se tornou presidente) e 2014 (voltar Tabaré Vazquez).

[4] União Nacional dos Trabalhadores e dos trabalhadores de transporte.

http://www.alternativelibertaire.org/?FAU-Revolutionnaires-au-coeur-des


More information about the A-infos-pt mailing list