(pt) Brazil, Organização Anarquista Terra e Liberdade Procurador de Níjni-Novgorod pede 10 anos de prisão para o anarquista Iliá Romanov

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 28 de Julho de 2015 - 08:27:22 CEST


A procuradoria da cidade russa de Níjni-Novgorod pediu à Iliá Romanov, que é acusado de 
preparar um ataque e de terrorismo, a pena de 10 anos de prisão em uma colônia penal e uma 
multa de 120 mil rublos. ---- Em Outubro de 2013, como resultado da explosão de foguetes 
caseiros, o anarquista de 46 anos, Romanov, teve o rosto e as mãos fortemente queimadas, 
tendo, inclusive, que amputá-las. Pelo acontecimento da explosão, os investigadores de 
Níjni-Novgorod abriram um processo criminal: este começou pelo artigo sobre o tráfico 
ilícito de explosivos (artigo 222 do Código Penal 1) e, em seguida, pela tentativa de se 
cometer um ato terrorista (artigo 30 e parte 1 do artigo 205 do Código Penal). Além disso, 
no fim de Fevereiro, foi adicionado outro crime sob uma justificativa pública de 
terrorismo (Parte 2 do artigo 205.2 do Código Penal). A acusação apelou para a entrevista 
que Romanov deu em Donetsk para "representantes da resistência do Sudeste" no dia 08 de 
Dezembro de 2012, imediatamente após a sua libertação da prisão na Ucrânia, onde ele 
cumpriu a pena de 10 pelo caso dos "Komsomolts de Odessa".

Como prova das intenções terroristas de Romanov, os investigadores levaram dois arquivos 
encontrados em seu computador de casa: um escrito com erros de ortografia e pontuação de 
insulto aos representantes das autoridades locais e o lançamento da publicação neo-nazista 
"Terror Ariano. Jornal de treinamento prático dos terroristas brancos". Segundo as 
palavras do réu, os dois arquivos foram escritos no disco rígido do seu computador por 
agentes da lei.

Além disso, de acordo com Romanov e sua defesa, no dia 6 de dezembro de 2013, o acusado 
foi levado da prisão para uma "conversa", na qual, de acordo com o preso, membros do 
Centro "E" o insultaram, ameaçaram de violência física e "criaram uma atmosfera de 
intolerância" para os seus familiares e pessoas próximas.


http://terraeliberdade.org/procurador-de-nijni-novgorod-pede-10-anos-de-prisao-para-o-anarquista-ilia-romanov/


More information about the A-infos-pt mailing list