(pt) France, Coordenação de Grupos Anarquistas - IAL #102 - Viva a resistência Kobane! (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 31 de Janeiro de 2015 - 13:01:58 CET


Resumo: ---- CONTATOS grupos locais CGA 2 ---- Edito 3 ---- Espanha: retirada do Projeto 
De Lei Gallardon LUTA PARA PAGAR A luta continua 4 ---- Para protestar contra todos - 
Sempre odeio, sempre lá 7 ---- Sexismo, jogos de vídeo e cultura geek 9 ---- Lutas 
empregadas domésticas: a sujeira real é inseguro! 12 ---- A lei anti-terrorista: a caça "o 
inimigo interno". 14 ---- breve 16 ---- Rojava: A revolução ameaçada resistência exemplar! 
17 ---- Edito ---- Mais um ano de lutas em todos os níveis (habitação, trabalho, saúde, 
anti-racismo, antipatriarcat, a solidariedade internacional...), mas também um novo ano, 
onde os ataques se misturaram todos os lados! ---- Se pelo governo diz "socialista", que 
multiplicou os arcos para os empregadores, e bateu a repressão aos movimentos sociais; por 
MEDEF que continua a pedir mais do mesmo e que não estaremos satisfeitos até que as 35 
horas, os acordos colectivos e as leis trabalhistas foram destruídas; pelos reacionários 
de todos os matizes que avançam menos oculta e cuja violência se intensificou.

Então o que?

Para começar, vamos continuar a explicar incansavelmente:

- Que o capitalismo é a crise!

Que os suplentes do sistema entre as fases de expansões que nem todos se beneficiam e 
fases de crise que permitem ataques contra uma grande parte da população.

- Que o capitalismo não satisfaz as necessidades deste último (habitação, cuidados, 
alimentação...)!

Seu único "sucesso" é enriquecer uma minoria e de cobrar · e · s graças a políticas cada 
vez mais austeras mais necessitadas.

-que a extrema-direita é uma solução perigosa e falsa, porque é a última linha de defesa 
do capitalismo!

Seu discurso fachada "anti-capitalista" não aborda os conceitos básicos do capitalismo: a 
propriedade privada dos meios de produção e distribuição, a exploração salarial e de 
lucro. -que a "esquerda da esquerda" só oferece alternativas caminhos sem saída!

A alternativa proposta pelos partidos à esquerda do Partido Socialista não vai mais longe 
do que a regulação da economia pelo Estado, sem prejudicar sistema capitalista destrutivo. 
Seria o suficiente para votar em seu candidato · e · s que nosso destino está melhorando...

E vamos continuar a apresentar o nosso projeto da empresa libertário difícil para este 
modelo é finalmente compreendido o verdadeiro valor!

- O estabelecimento de um sistema igualitário e livre não pode ser feito sem o governo, 
porque isso dá poder a uma minoria nunca permitirá a construção de um sistema igualitário.

   - Que a primeira coisa a fazer é desenvolver lutas para negar a degradação de nossas 
vidas e nos organizar ajuda mútua e solidariedade.

- E então, para acabar com a representação "soberano", no qual as autoridades eleitas e as 
forças econômicas estão conspirando para manter uma ordem social baseada na desigualdade e 
lucro! Temos de avançar para a democracia direta e autogestão. O comum para a região e em 
nível federal com mandato · e · s (revogável) para implementar as decisões tomadas pela 
assembleia em cada nível.

Através de lutas, ele irá emergir como uma evidência de que sistema igualitário passa 
apenas pela ruptura com o capitalismo:

   A produção de bens e serviços devem ser organizados por e para as pessoas: não faz 
sentido os links mais importantes na cadeia produtiva são explorados e sofrem 
empobrecimento, quando uma minoria de "tomadores de decisão" é enriquecido mais a cada dia!

  A produção de bens e serviços devem ser organizados por e para as pessoas: não faz 
sentido os links mais importantes na cadeia produtiva são explorados e sofrem 
empobrecimento, quando uma minoria de "tomadores de decisão" é enriquecido mais a cada 
dia! A empresa será verdadeiramente democrático quando a política e econômica será gerido 
pelo primeiro ea primeira pergunta · e · s.

   Organizar a vida social sem notificação ou dominação política, parece ser o melhor não 
há meios econômicos para alcançar a igualdade social e econômica e é isso que vamos tentar 
compartilhar em 2015!

Aproveite a leitura deste No.102 IAL e boas lutas futuras!

http://www.c-g-a.org/motion/edito-5


More information about the A-infos-pt mailing list