(pt) France, Coordenação de Grupos Anarquistas Área Paris - Diante do impasse nacionalismo e do fascismo, a resposta anarchaféministe! (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Quinta-Feira, 22 de Janeiro de 2015 - 10:55:49 CET


Nós participar do evento para comemorar como deveria ser a vitória das mulheres que foi a 
legalização do aborto e não se esqueça de que é a luta que podemos vencer nossa 
independência e acabar com a violência. A violência física e psicológica (assédio de 
estupro e assassinato de mulheres), a violência social e econômico (exploração no trabalho 
e em casa, prisão no papel de mãe e esposa, lesbofobia, transfobia, controlar os nossos 
movimentos e nossas vidas), a violência racista (contra as mulheres sem-papéis, mulheres 
submetidas à islamofobia e outras formas de racismo), enviamos. Se formos vigilantes que 
nós não nos privar de nossas vitórias conquistadas pela luta, desde que sabemos que temos 
de derrubar o patriarcado e patriarcal Estado-nação racista que forma as bases de nossa 
miséria.  Nós n ' não tem que pagar para a crise: 150 centros de aborto fechada em 10 
anos, as associações de mulheres e acesso à saúde empobrecida.

Para nós, o capitalismo é a crise, ea crise é o capitalismo. Porque patriarcado 
intraséquement ligada ao capitalismo, nós somos os primeiros alvos de roubo e extorsão 
organizada pela burguesia e do Estado. Porque temem nossos rebeliões, mobilizam a extrema 
direita fascista e que agem como cães de guarda e constantemente latindo para nós. O 
confusionism vivemos, recicla um nationnalisme virulento. Há pouco tempo, este é 
claramente concretizada com a unidade nacional trouxe até à data em resposta aos ataques 
que tiveram lugar nos dias 7 e 09 de janeiro. Condenamos fortemente a ideologia 
reacionária e anti-semitismo que estão por trás dos assassinatos. Nós também condenar os 
ataques fascistas segmentação lugares de culto dos muçulmanos e muçulmanos individuais ou 
designado como tal. A unidade nacional é imposta excluindo automaticamente minorias 
oprimidas (es imigrantes, ciganos, LGBT em situação irregular...) rompe as solidariedades 
de classe e promove canibalismo social como visto através de ódio contra mulheres que usam 
o véu. O nacionalismo é o inimigo das mulheres e LGBT.

Como qu'anarchaféministes, denunciamos o seu fortalecimento. Ele organiza o controle do 
nosso corpo: ela nos leva à reprodução, consideramos barrigas em serviço da nação. 
Voltamos para casa para nos explorar gratuitamente pelo trabalho doméstico muito útil para 
a nação. Nossa luta feminista é mais do que o necessário: para acabar com o fascismo se 
nacionalista ou patriarcado religioso, o estado e capitalismo e todas as formas de 
racismo. Como qu'anarchaféministes, o Estado não é a solução, mas uma grande parte do 
problema. Precisamos afirmar a necessidade de uma revolução em que será o motor. Nós 
compartilhamos as perspectivas revolucionárias de combatentes curdos em Rojava levando uma 
luta exemplar. Pela defesa de sua autonomia, a luta contra o patriarcado e homens 
violentos, as mulheres foram capazes de impor e tomar uma parte central no movimento de 
emancipação. É por isso que sempre sair para compartilhar com este que nos oprime.

Nós não queremos ser os leões enjaulados. Nossas armas são múltiplos: defesa da autonomia 
e auto-organização, as mulheres greve (no trabalho, em casa, na cama), a solidariedade 
entre as mulheres! Como qu'anarchaféministes, defendemos o acesso contracepção feminina e 
aborto gratuito e acesso livre à educação não sexista e não hétérocentré. Nós estamos 
lutando contra a priorização de lutas, lutamos contra homens violentos contra cultura do 
estupro e do patriarcado que sua. dá razão  antipatriarcat A Frente de Luta parisiense 
CGA-Região (compreendendo ativistas da CGA e aberta aos adeptos da região de Paris que são 
consistentes com os nossos princípios e reivindicações) Contacte a frente antipatriarcat 
de luta: região-Paris @ cga.org siga antipatriarcales e notícias anarquista: 
www.cga-rp.org e FB https://www.facebook.com/pages/CGA-région-Parisienne

http://www.c-g-a.org/content/face-limpasse-nationalisme-et-au-fascisme-riposte-anarchafeministe


More information about the A-infos-pt mailing list