(pt) France, Alternative Libertaire AL #255 (Nov) - Leia: Fabrice Nicolino ", A intoxicação universal. Como substâncias químicas invadiram o planeta "Annie Thébaud-Mony e" O escravo Science " (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 26 de Dezembro de 2015 - 16:05:05 CET


Estamos saturados com moléculas químicas de nossos solos em nossas cabeças, nada 
esquecido. Desde Paracelso e os alquimistas até o presente, uma imagem completa da química 
é proposto por Fabrice Nicolino no envenenamento Universal. ---- Como é que nos movemos da 
indústria de corantes, nascimento da química moderna, a pesticidas e herbicidas atuais? É 
uma questão que merece uma resposta e um alargamento do quadro. Recorda que nós Frantz 
Haber, um dos principais criminosos de guerra, quem iria supervisionar pessoalmente a 
dispersão do gás de cloro na parte da frente da Primeira Guerra Mundial, seguido pelo 
agora respeitável IG Farben que sintetizou tristemente Zyklon B famoso ---- Permitir que a 
perversão atual dose diária aceitável (ADI) culmina com a concha vazia do programa Reach. 
Se não o tiver feito, que deve ser lido! Do mesmo autor, também ler Bidoche - carne Threat 
Indústria em todo o mundo.

Cientistas salários pagos pela indústria são retratados por Annie Thébaud-Mony 
intransigente, sociólogo saúde, em seu livro O escravo Science.

Ele explica como estudos industriais e sua estratégia de dúvida sistemática usada para 
abafar críticas. Um método utilizado, epidemiologia: contamos os mortos cinicamente 
enquanto continua a ganhar dinheiro, faz estatísticas concluindo que nada está provado, 
que os estudos independentes são dependentes de tudo para quebrar seus autores ( 
lembremo-nos da histérica Rachel Carson).

Chumbo e pesticidas são casos emblemáticos que descreve este estudo. Seu trabalho com o 
toxicologista Henri Pezerat, que combinou essas desvantagens de ser um independente e um 
cientista comunista, apontou contra o amianto na França, é amplamente documentada.

Além desses dois livros, também leia o imunologista Philippe Kourilski [1] a um inventário 
de nosso conhecimento sobre o assunto. O único pré-requisito para esta leitura é a de 
saber sobre o que uma célula. Os lembretes mais detalhados são feitos durante o trabalho. 
A partir de uma declaração muito clara, que permite ligar os tópicos acima e enriquecer 
sua cultura pessoal.

Jean-Claude (AL Paris-Sud)

Annie Thébaud-Mony, O escravo Ciência, La Découverte, 2014, 312 páginas, 21 euros

Fabrice Nicolino, envenenamento Universal. Como substâncias químicas invadiram o planeta, 
liga essa liberação, 448 páginas, 23 euros.

[1] Philippe Kourilsky, Chance e complexidade, Odile Jacob, 336 páginas, 23.99 euros.

http://www.alternativelibertaire.org/?Lire-Fabrice-Nicolino-Un


More information about the A-infos-pt mailing list