(pt) Grécia, Desmascarar a montagem estatal contra o anarquista Thodoris Sipsas

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sexta-Feira, 25 de Dezembro de 2015 - 08:57:34 CET


Texto da Federação Anarquista, publicado no portal athens.indymedia.org por ocasião do 
julgamento de Thodoris Sipsas, acusado pelo caso do incêndio no banco Marfin durante a 
manifestação de 5 de maio de 2010, onde três pessoas perderam a vida. O título original do 
texto em grego é “Solidariedade com o anarquista Thodoris Sipsas”. ---- Cinco anos e meio 
atrás, em 5 de maio de 2010, dia de greve geral, 500.000 pessoas foram às ruas de Atenas 
para protestar contra a iminente aprovação do primeiro memorando. A greve geral de 5 de 
maio de 2010 foi o ponto culminante de um período de grandes mobilizações. A participação 
na greve foi muito ampla e a manifestação foi enorme e teve claramente características 
agressivas contra as políticas impostas. O clima, no entanto, mudou completamente quando 
correu a notícia sobre a morte de três trabalhadores no banco Marfin, no centro de Atenas, 
devido ao incêndio do edifício do banco.

Poucos dias antes do primeiro aniversário destes incidentes, em 29 de abril de 2011, 
quatro pessoas foram detidas, suspeitas de serem os autores do incêndio. Os meios de 
desinformação em massa, como sempre estando fielmente a serviço do Estado, colocaram no 
centro das atenções o campo anarquista e botaram em marcha uma caça às bruxas que iria 
durar muito tempo. E quais são as provas? Algumas notas anônimas que nomeavam alguns 
detidos, e fotografias de câmeras de vigilância, em que, no entanto, não aparecia nenhuma 
dessas pessoas! O promotor (que assumiu o caso) devolveu o caso à Polícia, uma vez que 
nenhuma acusação está documentada.

Dois anos depois, em 5 de maio de 2013, sem nenhuma nova evidência é acusado o anarquista 
Thodoris Sipsas. Em seu testemunho é citado: “Dos autos fica demonstrado claramente, 
através dos atestados de testemunhas, das fotografias e dos vídeos de câmeras de 
vigilância, que não tem nada a ver com qualquer ataque em nenhum momento naquele dia no 
centro de Atenas”. Ele foi deixado em liberdade sob condições restritivas.

Em 16 de dezembro de 2015, após uma série de atrasos (que não foram solicitados pelo nosso 
companheiro, mas pelo Estado) será realizado o julgamento do caso do incêndio do banco Marfin.

O fato de que Thodoris Sipsas não tem nenhuma ligação com qualquer ataque daquele dia é 
demonstrado pelos atestados de duas testemunhas e do material das câmeras de trânsito. O 
fato de que Thodoris Sipsas não estava envolvido no incidente trágico do incêndio do banco 
Marfin, para nós é óbvio e evidente. Como anarquistas, não estamos de acordo nem com 
práticas nem com lógicas que são dirigidas cegamente contra as camadas oprimidas da 
sociedade. Nossa violência estava dirigida e continuará a ser dirigida contra aqueles que 
exploram e oprimem a nossa classe, contra o Estado e os patrões. Na perseguição contra 
Thodoris Sipsas identificamos mais uma montagem do Estado, já que os meios de 
desinformação em massa, a serviço de suas pretensões, recuperaram e usaram o caso do banco 
Marfin como quiseram, com a finalidade de atribuir traços antissociais e criminais aos 
anarquistas, buscando o nosso descrédito moral.

Estamos ao lado de nosso companheiro por todos os meios, e chamamos o povo lutador a 
continuar se opondo por todos os meios aos que estão trabalhando na repressão e no 
controle da sociedade. Aos que procuram construir um mundo totalitário sobre os oprimidos, 
e aos que acreditam que, com montagens e caça às bruxas alcançarão identificar a luta 
social e de classe com o crime, responderemos claramente: Criminosos são o Estado e o Capital.

As lutas sociais e de classe não podem ser penalizadas. Criminosos são o Estado e o 
Capital. Solidariedade com o companheiro Thodoris Sipsas que está sendo perseguido pelo 
caso do banco Marfin.

Serão realizados eventos informativos por alto-falantes em Atenas, em 12 de dezembro, e 
emTessalônica, em 12 e 16 de dezembro. Em Patras, em 15 de dezembro, acontecerá uma 
concentração de solidariedade. Em Atenas, em 16 de dezembro, acontecerá uma concentração 
do lado de fora do tribunal, às 9h, durante o julgamento.

Federação Anarquista, 9 de dezembro de 2015

O texto em grego:

https://athens.indymedia.org/feature/10187/

O texto em castelhano:

http://verba-volant.info/es/a-destapar-el-montaje-estatal-contra-el-anarquista-thodoris-sipsas/


More information about the A-infos-pt mailing list