(pt) Espanha, Termina o XI Congresso da CNT (ca, en)

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Terça-Feira, 15 de Dezembro de 2015 - 16:18:48 CET


Terminou o XI Congresso da CNT, que aconteceu entre os dias 4 e 8 de dezembro, em 
Zaragoza. Para o secretário-geral, Martín Paradelo, “partimos da premissa de que a classe 
trabalhadora deixou de ser reconhecida como sujeito. É fundamental reconstruir e 
reformular os laços comunitários para podermos ter a capacidade de transformar a 
sociedade. Com este Congresso conseguimos polir as nossas táticas e estratégias, o que nos 
permitirá ser uma ferramenta de luta eficaz em cada vez mais empresas e setores”. ---- 
Após intensos debates, tanto nas comissões de reformulação como no plenário, foram 
abordados e alcançados acordos com amplas maiorias. ---- No domingo foi aprovada a 
reformulação dos Princípios, Táticas e Finalidades, que reafirmam a CNT como organização 
anarcossindicalista, revolucionária e também feminista, ademais de rechaçar explicitamente 
as novas e velhas superstições.

Na jornada de segunda-feira foram discutidas e aprovadas a maior parte das reformulações 
realizadas pelas comissões: ação social, ação sindical, comunicação, patrimônio, 
internacionalismo e, já de madrugada, as normas orgânicas.

Os acordos alcançados destacam a preparação da organização ante as questões trabalhistas e 
sociais mais complexas como as demissões coletivas, a situação dos autônomos e falsos 
autônomos ou a recuperação e cooperativismo de empresas, com especial ênfase nas áreas 
negligenciadas pelos sindicatos de conciliação e de representação unitária. Foram criados 
órgãos específicos de análise econômica e de autogestão da sociedade desde uma perspectiva 
do comunismo libertário.

Foi dada especial ênfase para as questões de gênero, fomentando a eliminação de 
discriminações diretas e indiretas e articulando tabelas reivindicativas orientadas para a 
correlatividade de tarefas. Por outro lado, o Gabinete Técnico Confederal reforça as áreas 
de jurídica e economia e se estende até social e de saúde no trabalho. Nas demissões 
coletivas e EREs se articulam estratégias para que a empresa assuma os danos causados e 
que não pode fugir da sua responsabilidade. A CNT potencializará o emprego promovendo 
assembleias de desempregados e bolsas de trabalho nos sindicatos.

A CNT propõe uma comunicação integral adaptada às novas tecnologias, que otimize a 
divulgação de sua mensagem na classe trabalhadora. Em questões internacionais, serão 
reforçadas as relações com organizações anarcossindicalistas com as quais já vinham sendo 
realizado um trabalho conjunto sobre questões trabalhistas e sociais.

Mais infos, fotos: xicongreso.cnt.es

http://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/12/11/espanha-termina-o-xi-congresso-da-cnt/


More information about the A-infos-pt mailing list