(pt) Itália, Comunicado da Internacional de Federações Anarquistas -- Contra o militarismo, o nacionalismo, as guerras e o terrorismo religioso.

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Domingo, 13 de Dezembro de 2015 - 12:48:25 CET


A IFA (Internacional de Federações Anarquistas) reunida em Milão [Itália], nos dias 28/29 
de novembro de 2015, reafirma a sua oposição a todos os exércitos e a todas as guerras. 
São os Estados, que vendem as armas, os responsáveis pelo massacre das populações quando 
há conflitos. As intervenções militares, sejam diretas ou indiretas, são uma das 
principais causas de desestabilização das regiões através do mundo (por exemplo, a Líbia, 
a Síria, o Iraque, a Somália, etc.). Estas intervenções favorecem os grupos armados, as 
estruturas mafiosas e os diversos tráficos. ---- As populações civis, que sofrem nestes 
conflitos, são obrigadas a fugirem, a refugiarem-se nos campos de refugiados ou a tentarem 
a sua sorte através de viagens perigosas e muitas vezes mortais para a Europa.

Expressamos a nossa solidariedade com os/as migrantes que tentam atravessar a Fortaleza 
Europa para fugirem da guerra, de situações econômicas insuportáveis e de condições de 
vida inumanas. Os nacionalismos e a normalização do militarismo estão em crescimento, face 
à combinação das migrações em massa, dos ataques terroristas e da guerra. Opomo-nos 
totalmente a este processo e lutamos por um mundo sem fronteiras e sem Estados.

Os Estados utilizam a guerra no seu próprio território designando um “inimigo interior” 
que deve, por isso, ser reprimido, e põem em marcha o estado de emergência e leis de 
exceção. Na verdade, isso serve sobretudo para atacar os movimentos sociais e as 
liberdades dos povos.

Esta situação é também utilizada para reforçar as medidas de austeridade.

Nós lutamos contra a violência religiosa e do Estado. Não aceitamos apelos à “unidade 
nacional” em nome da guerra contra o terrorismo. Sabemos quem são os nossos inimigos: o 
nacionalismo, o fundamentalismo religioso, a opressão capitalista, o militarismo, o 
racismo e o Estado.

Neste contexto, oferecemos o nosso apoio a todas as vítimas da violência dos Estados e da 
religião em todo o mundo. Apelamos às populações para que resistam à propaganda xenófoba e 
construam novas formas de solidariedade contra as guerras em que os Estados nos querem lançar

CRIFA – Internacional de Federações Anarquistas

Milão, 28-29 de novembro de 2015

Fonte: http://groupe.proudhon-fa.over-blog.com/2015/12/communique-de-l-ifa.html

Tradução > Liberto


More information about the A-infos-pt mailing list