(pt) France, Alternative Libertaire AL - Demonstração, Sábado, 12 de dezembro 15:00-17:00: não é o clima que precisamos mudar é o sistema! - Place de la Bourse (Place de Lattre de Tassigny) (en, it, fr) [traduccion automatica]

a-infos-pt ainfos.ca a-infos-pt ainfos.ca
Sábado, 12 de Dezembro de 2015 - 09:03:30 CET


Dezembro Jusqu'au11 corre a Conferência de Paris (COP21) destina-se a resolver o problema 
das alterações climáticas. Tudo indica que esta é uma fase: este evento é dirigido e 
financiado por Estados e empresas (Renault, do FED ...) responsáveis pela poluição e as 
alterações climáticas. Além disso, aqueles que pretendem encontrar uma solução para os 
desafios ecológicos são os mesmos que organizam e ter lucros da destruição do nosso meio 
ambiente. ---- Mais uma vez, não há nenhuma questão de mudar o sistema para a origem do 
desastre ecológico. O sistema capitalista em que vivemos, é incompatível com uma política 
ambiental real. Isto exige que o final de um sistema em que o benefício de poucos em 
detrimento da nossa vida, com os custos ambientais é a única regra.

Opomo-nos à dogma capitalista do "sempre mais crescimento" que sugere que em um mundo com 
recursos limitados que produzir mais e mais. Nessa lógica, opomo-nos à necessidade de uma 
reapropriação democrática da questão ecológica. Cabe a nós, o povo, imaginar e criar um 
outro sistema respeitador do nosso bem-estar e, portanto, o nosso ambiente.

Nesta perspectiva, as manifestações ocorreram no fim de semana de 28 de Novembro. 
Confrontado com esta mobilização cidadã, pacífica e democrática, o governo PS escolheu a 
repressão ...

Contra o estado de emergência, para as nossas liberdades democráticas e nosso direito!

Na sequência dos ataques de 13 de novembro, o governo de François Hollande foi escolhido 
para exercer uma autoritária, injusta e ineficiente. O estado de emergência foi adicionado 
a uma longa lista de medidas draconianas justificadas em nome da luta contra o terrorismo. 
Estas medidas têm falhado em relação a este objectivo. Se o estado de emergência não 
garante a nossa segurança, no entanto, leva à perda de nossos direitos mais básicos. O 
governo também anunciou para a União Europeia a sua intenção de suspender a aplicação da 
"Convenção Europeia dos Humanos Direitos".

Os es-imigrantes, os imigrantes, o muçulmano-es são novamente designado es tais como bodes 
expiatórios. O racismo ea islamofobia estado em particular, são fortalecidos através da 
multiplicação de discriminação racial e anunciou a criação de privação da nacionalidade. 
Em Estrasburgo, uma família foi revistado e viu a sua casa saqueada pela polícia com base 
em rumores infundados.

Lutas sociais e ambientais são severamente reprimido: Residência e invasões arbitrárias de 
segmentação militantes. Enquanto isso, o governo, aproveitando-se do choque causado pelos 
ataques, amplifica as políticas neoliberais com consequências desastrosas. Mas não temos a 
intenção de ceder à ofensiva autoritário e neoliberal do governo. Assim como a mobilização 
dos assalariados da Air France, reafirmamos o nosso direito de manifestação, a mobilização 
para uma sociedade mais justa e igualitária.

Sua guerra, nossos mortos são!

Na França, Líbano, Iraque, Daesh é a origem de ataques que reivindicaram centenas de 
vítimas. Daesh é uma conseqüência das guerras imperialistas travadas pelos Estados Unidos 
e os países da União Europeia, incluindo a França. Estas guerras alegando trazer 
democracia destinado principalmente a manter o Sul em dominação política e econômica. 
Enquanto a França e os Estados Unidos afirmam contra o terrorismo ao bombardear a Síria, 
seus aliados (as monarquias do Golfo, Turquia) são os principais pilares de Daesh. Nós 
fazemos a observação de que as guerras imperialistas trouxeram mais guerra e morte e fez a 
cama do terrorismo. Fazemos um apelo para o fim do bombardeio e apoiar o povo e as forças 
que combatem no terreno. Neste sentido, exigimos a retirada do PKK na lista das 
organizações consideradas terroristas pela União Europeia.

Demonstração sábado 12 de dezembro às 15h Place de la Bourse

Primeiros signatários:

Libertaire Alternativa - Associação Alsace dos norte Trabalhadores Africanos em França, 
União, New Anti-Capitalista partido, Movimento da Juventude Comunista da França-67, União 
de Estudantes Comunistas, Francês União Judaica para a Paz, SUD Educação, ATTAC ...!

http://alsace.alternativelibertaire.org/IMG/pdf/TractCOPStras12-12-15-2.pdf

http://alsace.alternativelibertaire.org/spip.php?article761


More information about the A-infos-pt mailing list